Rune levanta primeiro título em Munique após desistência de van de Zandschulp
Foto: Divulgação / ATP

Neste domingo (1), o #70 Holger Rune escreveu o nome na história dos campeões do circuito mundial de tênis. O jovem dinamarquês se aproveitou da desistência do #40 Botic van de Zandschulp no ATP 250 de Munique para conquistar o primeiro troféu enquanto profissional. Os dois jogaram uma final deste nível pela primeira vez.

A desistência do holandês aconteceu ainda no primeiro período, quando o oitavo cabeça de chave do torneio ainda vencia por 4/3. A peleja teve, ao todo, 47 minutos de duração. O dinamarquês conquistou o certame sem perder um set sequer.

Final encurtada

Logo no começo da peleja, o holandês precisou de oito pontos para confirmar o saque. Na sequência, Rune foi recusado após oito pontos, no segundo break point - mas, logo depois, o refutado foi van de Zandschulp.

As dores no peito e as dificuldades para respirar, relatadas por van de Zandschulp desde o início do cotejo, pioraram no sétimo momento. Depois de 16 pontos, ele foi rejeitado no quarto break point. Na sequência, quando perdia o game por 40-15, pediu atendimento médico e não voltou para a peleja, entregando a taça do BMW Open para Rune.

VAVEL Logo