Rybakina supera Martic e vai pela primeira vez às quartas em Wimbledon; Tomljanovic bate Cornet
Foto: Divulgação/WTA

Ainda sem perder sets na campanha, a #23 Elena Rybakina garantiu vaga às quartas de final de Wimbledon 2022 nesta segunda-feira (4). A cazaque bateu na quarta rodada a #80 Petra Martic com parciais de 7/5 e 6/3, em 1h22, na Quadra 1.

Este foi o segundo confronto entre elas, e a segunda vitória de Rybakina. Após abrir 3/0 no primeiro set, a cazaque chegou a ficar uma quebra atrás, mas se recuperou e, conquistando quatro dos últimos cinco games, largou na frente.

No segundo set, Martic não conseguiu ameaçar o saque e nem acompanha o ritmo de Rybakina. A cazaque fechou a parcial com 13 a 5 em winners e cometeu apenas três erros não-forçados, contra dez da croata. Com uma quebra no sexto game, a cabeça de chave 17 tomou as rédeas no placar e assegurou a vitória.

"Esse ano, eu diria que não comecei bem. Não estava tão confiante porque não fiz uma boa preparação. Estava machucada, fiquei doente em Paris e não consegui me recuperar. Mas talvez alguma coisa me ajudou. Eu estou mais relaxada e aproveitando meu tempo aqui", disse Rybakina, que repete sua melhor campanha em Slams, que conseguiu em Roland Garros 2021.

Tomljanovic repete campanha de 2021

A próxima rival de Rybakina será a #44 Ajla Tomljanovic, que repete a campanha do ano passado em Londres. A australiana derrubou nas oitavas de final a #37 Alizé Cornet, que interrompeu a sequência de 37 vitórias da #1 Swiatek na rodada anterior.

A vitória de Tomljanovic foi de virada, com parciais de 4/6, 6/4 e 6/3, em 2h37. As duas não foram muito firmes no serviço, mas a australiana acabou prevalecendo nos momentos decisivos, mesmo com Cornet tendo mais winners - 30 a 25 - e menos erros não-forçados - 32 a 34.

Tomljanovic, porém, salvou 7/16 break points que enfrentou, enquanto aproveitou 9/15 chances no saque de Cornet. Ela chegou a ser quebrada sacando para o jogo em 5/2, mas, na sequência, no serviço da francesa, aproveitou o segundo match point e assegurou a vaga em mais uma quarta de final em Majors.

Vale vaga inédita às semis

Rybakina e Tomljanovic vão se enfrentar em busca de chegar às semifinais de um Slam pela primeira vez. As duas já se enfrentaram uma vez até hoje, em Madrid 2021, no saibro, quando a cazaque venceu por 2 a 0, parciais de 6/4 e 6/0.

VAVEL Logo