Defendendo liderança do ranking, Medvedev bate van de Zandschulp na estreia em Cincinnati
Foto: Divulgação / ATP

As parciais até foram apertadas, é bem verdade. Mas, no fim das contas, #1 Daniil Medvedev venceu #24 Botic van de Zandschulp, em partida válida pela segunda rodada do Masters 1000 de Cincinnati, e seguiu na luta para manter o posto de melhor tenista da atualidade. O triunfo, veio por 2 sets a 0.

No primeiro período, a vitória veio por 6/4. Na sequência, o triunfo foi por 7/5. A partida teve, ao todo, 1h35 de duração.

Número um mantido

O jogo foi de um nível baixo dos dois lados. O saque de van de Zandschulp encontrou dificuldades ao longo de todo o primeiro set. Nos primeiro e terceiro games, foram oito pontos com um break point cada - no inicial, aproveitado por Medvedev. No quinto, o holandês sacou 12 vezes e, novamente, refutou um break point. No final, 7/5 para o número 1 do mundo.

A partir do quinto momento do segundo set, uma série de dois games consecutivos com recusas de saque. E, depois do oitavo momento, uma série de ocorrências. No nono, van de Zandschulp recusou três break points para vencer; no décimo, o russo refutou um break (e set) point após oito pontos.

Já no 11º, no segundo break point, Medvedev recusou o adversário; e, no derradeiro game, o número 1 do mundo aproveitou o terceiro match point (após um break point rejeitado) após 12 pontos para encerrar a peleja em 6/4.

Próximos jogos

Nas oitavas de final do Western & Southern Open, Medvedev enfrentará o vencedor do confronto entre o estadunidense #31 Tommy Paul e o canadense #21 Denis Shapovalov. Caso vença o próximo jogo, o russo assegura a liderança do ranking mundial pelo menos até o US Open.

VAVEL Logo