Brasil vence Peru e pode levar Sul-Americano se bater Colômbia
Foto: Divulgação/CBV

O Brasil venceu nesta sexta-feira (18) o Peru pelo Campeonato Sul-Americano de vôlei feminino, no Coliseo Evangelista Mora, em Cali. A vitória deixou a equipe de José Roberto Guimarães ainda mais perto do título e, consequentemente, do Mundial de 2018, no Japão. A partida, que não teve muitas complicações, fechou em 3 a 0 para as brasileiras, com parciais de  25/16, 25/17 e 25/18. A "decisão" ocorrerá neste sábado (19), às 17h30, contra a Colômbia, para ser definido o líder do grupo e, consequentemente, campeão do torneio. 

O primeiro set foi iniciado com bastante equilíbrio. O técnico do Peru, Luizomar de Moura, que já conhece bastante as brasileiras por ter trabalhado com muitas delas no Osasco, tentava se basear nos pontos fracos da equipe verde e amarela para abrir vantagem. Mas as campeãs do Grand Prix não deixaram o nível baixar em nenhum momento. Com muita eficiência no bloqueio, elas deslancharam no placar e fecharam o set em 25/16.

Na segunda parcial, Luizomar resolveu desafiar o bloqueio brasileiro e acabou dando certo. Mas mesmo com o bloqueio não tão bem, o ataque continuava forte, Natália e Carol deram um show. E foi exatamente em um ponto da central que o time do Brasil finalizou o set, 25/17.

O último set da partida começou com uma soberania peruana, que encaixou o bloqueio e abriu vantagem sobre o time verde e amarelo. Foi necessário um pedido de tempo de Zé Roberto para as meninas retomarem a concetração. Depois do apagão, o Brasil voltou com tudo. Tandara teve ótima passagem no saque, com direito a dois aces, colocando as jogadoras de volta no jogo. E foi com ela que o Brasil fechou o set e o jogo, 25/18, com 3 sets a 0.

A equipe brasileira não perde um set num Sul-Americano desde 1999, sendo mais uma vez as líderes invictas da competição. A Colômbia, que o Brasil enfrentará, também não perdeu nenhuma partida no campeonato e é a única que pode tirar o título que o Brasil não perde desde 1993. Já são 19 títulos, sendo 11 seguidos. Se vencer, o time de Zé Roberto Guimarães já leva para casa a vaga no Mundial de 2018, no Japão. Caso não consiga, ainda há a possibilidade da vaga em m classificatório no Peru.

VAVEL Logo