Ribeirão Preto sai na frente, mas Sada Cruzeiro vira na estreia da Superliga Masculina
Foto: Reprodução/Sada Cruzeiro

O Sada Cruzeiro não se intimidou com a torcida do Pacaembu Ribeirão Preto. Na noite deste sábado (9), a Raposa venceu o time alvinegro por 3 sets a 1 (28/30, 25/21, 25/16 e 25/14), no ginásio Cava do Bosque, pela estreia da Superliga Masculina 2019-20

Maior pontuador da partida, o  ponteiro Baesso coloco a bola no chão em 16 ocasiões. Com 13 pontos cada, Gord Perrin e Isac foram os maiores pontuadores dos mineiros. E o oposto Luan, que entrou no terceiro set no lugar de Evandro, contribuiu com nove pontos e foi eleito o destaque em quadra, com o troféu VivaVôlei.

O jogo

Partida iniciada, o Ribeirão Preto entrou em quadra ligado. Sendo empurrado pela sua torcida, os mandantes conseguiram se sobressair das investidas cruzeirenses. Rapidamente, fecharam a parcial em 30/28.

O segundo set foi de equilíbrio. Tendo o placar lá e cá, o time cinco estrelas abriu três pontos de vantagem (17/14). Marcelo Mendez colocou o Luan na inversão 5-1. Desta maneira, os visitantes conseguiram encaixar. Na categoria, Serginho deixou o levantador, isso é mal. Yago soltou o braço e diminuiu para 18/20. Todavia, Conte usou a diagonal curtinha para da mach point. Otávio fez ace e decretou o término (21/25).

Apesar da pouca altura, Cachopa fechou a porta para Judson: 3/6. Após contra-ataque, a torcida paulista foi a loucura quando Baesso deu o toque em Facundo Cont: 9/10. A equipe visitante foi se distanciando da pontuação devido aos erros dos mandantes: 14/21.

Na etapa final, o Cruzeiro seguiu embalado com os triunfos anteriores. Luan entrou no lugar de Evandro. Inspirado, o oposto matou de check e fez 4/8.  A equipe ribeirão-pretana sentiu o bom momento dos adversários, mas não conseguia reagir.  Facundo soltou o braço no saque. Logo aumentou a diferença: 10/17. Cavalo tentou aliviar a diferença. Entretanto, Perrin impediu a passagem - 16/25.

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo