Serginho se emociona após conquista do ouro olímpico e deixa camisa na quadra do Maracanãzinho

O líbero encerrou sua carreira na seleção de vôlei com mais um título

Serginho se emociona após conquista do ouro olímpico e deixa camisa na quadra do Maracanãzinho
Serginho em jogo na Olimpíada Rio 16 (Foto: Buda Mendes/Getty Images)

Um dos jogadores mais emocionados após o ouro olímpico conquistado pelo vôlei masculino brasileiro, o líbero Serginho não escondeu o sentimento, mesmo depois de quatro finais olímpicas. Ouro em Atenas 2004, o Escadinha vinha demonstrando toda sua emoção desde a semifinal contra a Rússia e, estando em sua última Olimpíada, não poderia ser diferente. Após o fim da partida, o camisa 10 da seleção de voleibol agradeceu à torcida e, de forma icônica, deixou sua camisa no chão da quadra do Maracanãzinho, dizendo que poderiam fazer o que quiser com ela.

Em gesto brilhante, os companheiros de Serginho se ajoelhavam para beijar a camisa do líbero, numa forma de agradecimento a todo o serviço desempenhado pelo jogador, que marcou história como um dos melhores jogadores da história do vôlei brasileiro e mundial. Depois de puxar o tradicional "peixinho" da vitória, o líbero cedeu entrevista mostrando toda sua felicidade: "Eu só tenho que agradecer à minha cidade, meu bairro, meus técnicos, os jogadores como Nalbert, Tande, Giovane, toda a geração de 2004, a geração que levou as duas pratas também. O que importa mesmo são as amizades, é isso que vale, até mais que o ouro", afirmou Serginho.

"Fico feliz por ter conseguido dar sequência à geração de 1980, porque a gente viu o vôlei brasileiro conquistar o mundo, e como o Nalbert dizia, a gente pode conquistar o mundo com uma manchete", declarou, de forma filosófica, já muito emocionado ao conversar com seu ex-companheiro e capitão da seleçao Nalbert. Serginho ainda direcionou parte de sua fala para um de seus ídolos, o ex-jogador Carlão: "Tudo que eu queria em 1992 era uma camisa sua. Eu não consigo falar, mas a parte guerreira que eu tenho, devo muito a você, é inspiração sua", disse. Serginho termina sua carreira na seleção brasileira agora com quatro medalhas olímpicas, sendo duas de ouro e duas de prata.