Sesc-RJ Vôlei apresenta equipes masculina e feminina para a temporada 2017/18

Apresentação oficial ocorreu na manhã deste sábado (30), no Ginásio Sesc Tijuca

Sesc-RJ Vôlei apresenta equipes masculina e feminina para a temporada 2017/18
(Foto: Nathália Almeida/VAVEL Brasil)

Na manhã deste sábado (30), o torcedor carioca conheceu as equipes que representarão o Rio de Janeiro na temporada 2017/18. Em evento realizado no Ginásio do Sesc Tijuca, com boa presença de torcedores e fãs de vôlei, os times masculino e feminino do Sesc-RJ foram oficialmente apresentados.

A abertura do evento ficou por conta do "Fanfarra Black Clube", grupo musical formado por nove instrumentistas, com repertório vasto e bastante diverso. Alex Escobar, narrador da Rede Globo, foi o escolhido para comandar a apresentação das equipes. 

Chamados ao palco, Bernardinho e Giovane Gávio, comandantes das equipes feminina e masculina, falaram da grandeza do projeto Sesc Esportes. Ambos ressaltaram a importância do esporte e do vôlei como objetos de transformação social, destacando o crescente trabalho de iniciação esportiva realizado pelo patrocinador.

Falando em nome da equipe feminina, a líbero Fabi, uma das maiores atletas da história do vôlei, endossou o discurso dos treinadores. Para a atleta, títulos e conquistas são importantes, mas inspirar e ajudar na mudança da sociedade é ainda mais fundamental.

"É uma responsabilidade grande, não só pelo voleibol, mas sermos exemplos e inspirações pras crianças, e de alguma forma passar valores através do nosso esporte. Queremos não só representar a cidade do Rio de Janeiro, mas passar mensagens positivas através das nossas atitudes aqui na quadra. Vamos brigar por títulos, mas também queremos ser exemplo pra molecada", afirmou a atleta.

Equipe masculina Sesc-RJ 2017/18

(Foto: Nathália Almeida/VAVEL Brasil)

A equipe masculina do Sesc-RJ fará, em 2017/18, a sua primeira temporada na elite do voleibol nacional. Recém-promovido da Superliga B, o time comandado por Giovane Gávio desafiará elencos fortes e já consolidados no cenário brasileiro, como Sada Cruzeiro, Funvic/Taubaté, Sesi-SP e Campinas.

Do elenco atual, apenas sete atletas são remanescentes da campanha do acesso em 2016/17. Completam a equipe outros oito jogadores, contratações para a atual temporada. Dentre as 'caras novas', estão os campeões olímpicos Maurício Souza e Maurício Borges, medalhistas de ouro na Rio 2016, além dos selecionáveis Tiago Brendle (líbero) e Renan Buiatti (oposto).

Levantadores: Thiaguinho, Everaldo
Ponteiros: João Rafael, Levi Alves, Japa, Maurício Borges, Juninho
Opostos: Renan Buiatti, Paulo Victor
Líberos: Tiago Brendle, Alexandre Elias
Centrais: Maurício Souza, Thiago Barth, Renatão, Victor Hugo

O primeiro compromisso oficial da equipe será no dia 05 de outubro, já pela semifinal do Campeonato Carioca, ainda sem rival definido. Pela Superliga, o Sesc-RJ estreia no dia 14 de outubro, às 14h05, contra o Funvic/Taubaté. Este jogo deve ser realizado no Ginásio da Hebraica, em Laranjeiras. O treinador Giovane Gávio falou sobre os desafios e traçou metas para a temporada.

"Este segundo ano é um ano de construção, já que o nível técnico da Superliga A é bem diferente, tem equipes que já alcançaram a sua maturidade, algumas com mais de 10 anos disputando a competição. Por isso, nosso grande objetivo para este ano é estar entre os quatro primeiros colocados da Superliga A", afirmou Giovane.

Equipe feminina Sesc-RJ 2017/18

(Foto: Nathália Almeida/VAVEL Brasil)

Na última temporada, Rexona-Sesc. Agora, Sesc-RJ. 12 vezes campeão nacional, o 'time a ser batido' terá grandes desafios nesta nova temporada. Com reforços de peso chegando nos rivais Nestlé/Osasco e Dentil/Praia Clube, a Superliga 2017/18 tende a ser a mais equilibrada dos últimos anos. Bernardinho falou sobre as dificuldades que aguardam a equipe carioca.

"A temporada 2017/18 será de muito equilíbrio. Nós temos adversários que investiram e se fortaleceram muito, se reforçaram em relação à temporada passada. Então, tentar manter essa hegemonia que criamos aqui no Rio e no Brasil não serrá um desafio dos mais simples neste ano", afirmou o treinador.

O Sesc-RJ estreia no Campeonato Carioca já na próxima segunda-feira (2), contra o Botafogo, em General Severiano. Será o início da caminhada pela recuperação da supremacia em território carioca, uma vez que o atual campeão estadual é o Fluminense. Pela Superliga, a equipe de Bernardinho estreia no dia 17 de outubro, contra o Sesi-SP, em São Paulo.

As experientes Fabi, Roberta e Juciely terão a missão de liderar uma equipe repleta de jovens valores. Foram seis contratações para a temporada, sendo a principal delas, a chegada de Gabi Guimarães, ponteira selecionável, ex-Nestlé/Osasco. 

Levantadoras: Roberta, Carol Leite, Mikaella
Ponteiras: Gabi, Gabi Guimarães, Drussyla, Kasiely
Opostas: Monique, Natiele
Líberos: Fabi, Vitória
Centrais: Juciely, Linda, Vivian, Mayhara