Nélson Semedo vs Maxi, duas gerações que a Luz iluminou

A menos de 24h do Clássico do ano, é tempo de fazer comparações, falamos de Maxi Pereira e de Nélson Semedo. Dois laterais, duas camisolas, mas, o mesmo estilo de formação e claro, falamos da importância do Benfica nestas duas grandes estrelas do Futebol Português.

Nélson Semedo vs Maxi, duas gerações que a Luz iluminou
| Foto : Visão de Mercado

Em qualquer que seja o jogo há sempre duelos a ter em conta. Há sempre que ver quem pode e quem não pode salvar a companhia no que toca a defesas, a golos, a saídas de bola, em cruzamentos, em golos e em assistências. 

Num Clássico então esses mesmos duelos passam a ter uma atenção redobrada, principalmente quando falamos de guarda-redes, de avançados ou até do quarteto defensivo. E é aí mesmo que a nossa atenção vai estar focada hoje. Vamos falar de duas gerações completamente diferentes, mas de dois homens que acabaram por ganhar visibilidade usando a mesma camisola, na mesma posição, no mesmo clube. 

Um deles, por lá se mantém, o outro dirigiu-se ao norte, falamos claro de Maxi Pereira e de Nélson Semedo. 

Maxi : do orgulho à desilusão 

Trocar de lados da barricada, nunca é bom, principalmente se a saída é feita para o lado precisamente oposto. Maxi Pereira é o exemplo disso mesmo. Foram 8 os anos que esteve ao serviço do Benfica, oito anos de muitas conquistas, 333 jogos e com  21 golos marcados.

3 Campeonatos Nacionais, 6 Taças da Liga, 1 Taça de Portugal e uma Supertaça, muitos jogos com a braçadeira de Capitão e de repente... Uma ida para o FC Porto.

O Urugaio saiu a custo zero, mas a SAD azul e branca garante que gastou 2 Milhões com a transferência para a Invicta. Curioso, ou não, desde que se mudou para a zona Norte do País que o FC Porto não ganha nada no que diz respeito a competições Nacionais. Terá sido por culpa do lateral?

 

Temos as nossas dúvidas. Maxi Pereira tem um estilo de jogo muito próprio, é agressivo e no um para um acaba muitas vezes por ser o mais forte. Dono das laterais das quais está encarregue, Maxi sabe que só um jogador com muita qualidade lhe tiraria a titularidade indiscutível.

E quem sabe disso também são Rui Vitória e Nuno Espírito Santo. Cada um no seu banco, os técnicos dos dois emblemas sabem que Maxi poderá muito bem ser a peça fulcral que mudará o ritmo do jogo. 

As estatísticas prometem este sábado 

Nélson Semedo: e quem espera.... 

Desde que Maxi Pereira abandonou Lisboa para rumar ao Norte do País que Nélson Semedo, ou Nelsinho, aproveitou a oportunidade para nunca mais a largar. 

Com apenas 23 anos, este lateral luso-cabo verdiano promete ser uma das estrelas do Benfica e da Selecção Nacional ao longo dos próximos tempos e a verdade é que os números não mentem. 

Dono de uma visão de jogo fora do comum para a idade Nélson Semedo é um dos homens que enverga a estrela de qualidade da formação no Seixal. 

 

Com mais um Clássico à porta, Semedo poderá muito bem ser uma das armas de Rui Vitória no que diz respeito às assistências para o golo. E uma vez que tem mais minutos em campo que Maxi esta temporada, o novo menino bonito do clube encarnado, pode muito bem jogar de igual para igual no frente a frente com Maxi Pereira. E uma coisa é certa, ele não vai facilitar em nada a vida ao ex colega. 

Futebol Português