Messi admite que pensa em aposentadoria da Argentina: "Acabou a seleção para mim"

Depois de perder pênalti decisivo e ver nova derrota em decisões, camisa 10 afirma que cogita deixar de vestir a camisa da Argentina; Agüero e Mascherano podem serguir caminho

Messi admite que pensa em aposentadoria da Argentina: "Acabou a seleção para mim"
Getty Images

O novo vice-campeonato argentino pode ser o sinal do fim de um ciclo. Poucas horas depois de perder um pênalti e ver o Chile conquistar a Copa América Centenário, Lionel Messi anunciou que cogita sua aposentadoria da Argentina. Visivelmente abalado após seu quarto vice-campeonato com o time principal, o camisa 10 declarou-se frustrado com mais uma derrota em finais e que pode não vestir mais a camisa da seleção nacional. Pouco depois, o atacante foi acompanhado por Sergio Agüero e Mascherano, que também manifestaram a possibilidade. O 

As declarações de Messi foram publicados pelo twitter oficial da AFA (Asociación del Futbol Argentino). "É incrível, mas não da. Outra vez, perdemos nos pênaltis. É a terceira final seguida. Tentamos, buscamos e não conseguimos. É um momento difícil e duro para qualquer análise. É para o bem de todos. Por mim e por todos. Muitos desejam isso. No vestiário, pensei em aposentar da seleção, não é para mim. Acabou a seleção para mim", disse o jogador, critico de muitas ações da associação, assim como Agüero e Mascherano.

Aos 29 anos, Messi é o maior artilheiro da história da Argentina, com 55 gols marcados em 113 partidas. No entanto, o melhor jogador do mundo não conquistou títulos pela seleção principal: foram quatro vices-campeonatos (Copa América 2007, Copa do Mundo 2014, Copa América 2015 e Copa América Centenário). Por times de base, Lionel foi campeão e melhor jogador do Mundial Sub20 de 2005 e medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008. "O que sinto agora é uma tristeza enorme que volto a passar. Errei o pênalti que era importantíssimo. Assim como todos, não nos conformamos em chegar na final e não conseguir ganhar. Já tentei muito ser campeão com a Argentina e não consegui", concluiu o jogador.

Tão logo anunciou seu pensamento, Messi foi defendido por colegas argentinos. "Lamentavelmente, o que mais podia fazer algo (Messi), falhou no pênati. Foi a pior vez que o vi no vestário. Um pênalti não muda as coisas, Messi é o melhor do mundo e vai continaur sendo", declarou o atacante Sergio Agüero, de 28 anos, que tem Lionel como padrinho de seu filho e também pode acompanhar o camisa 10 em sua decisão. O zagueiro Javier Mascherano, de 32, companheiro de Messi no Barcelona, também anunciou que cogita a aposentadoria pela seleção.