Würzburger Kickers faz dever de casa e derrota Duisburg nos playoffs da 2. Bundesliga

Mandantes foram mais eficientes e derrotam as zebras em casa e jogam com a vantagem na próxima partida

Würzburger Kickers faz dever de casa e derrota Duisburg nos playoffs da 2. Bundesliga
(Foto: Divulgação/Würzburger Kickers)
Würzburger Kickers
2 0
Duisburg

Nesta sexta-feira (20), Würzburger Kickers e Duisburg se enfrentaram pelo jogo de ida dos playoffs da 2. Bundesliga 2015/16 na Flyeralarm-Arena em Würzburg. A equipe da Baviera luta pelo acesso para a segunda divisão após boa campanha na 3. Liga e briga pela vaga contra um clube que terminou o campeonato no 16º lugar e busca a todo o custo se manter na segundona alemã.

A partida foi truncada e os donos da casa foram mais eficientes e venceram pelo placar de 2 a 0. Os gols foram marcados por Weil, em cobrança de pênalti, e Daniel Nagy. Com o resultado, os bávaros podem até perder por até um gol de diferença que sobem para segunda divisão. Restam a vitória acima de três gols de vantagem para as Zebras permanecerem na 2. Bundesliga. As equipes se enfrentam na próxima terça-feira (24), na Schauinsland-Reisen-Arena.

Em um jogo muito truncado na etapa inicial, a equipe da casa tomou a iniciativa da partida. No primeiro minuto de jogo, após levantamento na área, Daghfous escorou de cabeça, mas Bohl afastou o perigo. Depois, os visitantes tiveram sua chance. Chanturia cobrou falta por baixo da barreira e o goleiro do clube mandante defendeu.

Aos 10 minutos, o Würzburger Kickers abriu o marcador. Onuegbu levantou o pé alto na área e atingiu Karsandis. O árbitro marcou penalidade máxima. Na cobrança, Weil bateu e converteu para a equipe mandante. Os visitantes quase conseguiram o empate no fim do primeiro tempo. Wolze arriscou a bola no pé da trave e assustou o goleiro Wulnikowski. Em seguida, Iljutcenko arriscou, mas mandou muito mal.

No segundo tempo, o Würzburger Kickers quase marcaram o segundo gol. Aos 19 minutos, em boa descida de Benatelli pelo lado esquerdo de ataque, Soriano foi acionado. O atacante italiano foi interceptado no primeiro lance, mas conseguiu dominar a bola no lance seguinte e arriscou para fora.

Aos 34 minutos, após tanto insistir, conseguiram marcar o gol que deu maior vantagem. Em boa jogada de Daghfous pela direita, o jogador se livrou da marcação de Poggenberg e tocou na medida para Daniel Nagy. O jogador, que entrou no decorrer da partida, teve o simples trabalho de empurrar para as redes.

No fim da partida, as Zebras quase descontaram. Após erro na saída de bola adversária, Iljutcenko arriscou em cima do goleiro Wulnikowski, que conseguiu abafar o chute do atacante e levar boa vantagem para o segundo e decisivo confronto.