Higuaín é anunciado pela Juventus e se torna a terceira contratação mais cara do futebol mundial

Atacante chega junto ao Napoli e assina por quatro temporadas com o time de Turim

Higuaín é anunciado pela Juventus e se torna a terceira contratação mais cara do futebol mundial
(Foto: Divulgação/Juventus)

Na tarde desta terça feira (26), a Juventus oficializou a contratação do atacante Gonzalo Higuain, junto ao Napoli, pelo valor de € 90 milhões (R$ 323 milhões) – terceira contratação mais cara do futebol mundial. O valor será pago em duas parcelas iguais, nas temporadas 2016/2017 e 2017/2018. O jogador chega para reforçar a atual pentacampeã italiana com status de artilheiro da Serie A 2015/16. O vínculo de Higuaín com o clube de Turim é de quatro temporadas, e o jogador receberá cerca de € 7,5 milhões por ano.

Os rumores da transferência de Gonzalo para a Juventus já eram fortes, e se intensificaram ainda mais no último sábado (23) quando muitos veículos de imprensa da Itália noticiaram que o jogador já havia realizado exames médicos pelo clube de Turim. Já na segunda-feira após o ocorrido (25), Higuaín não se reapresentou pelo clube de Nápoles.

A carreira de 'Pipita' é recheada de conquistas e muitos gols. O jogador é naturalizado argentino, mas nasceu na França, na cidade de Brest, em 10 de dezembro de 1987. Iniciou usa carreira no River Plate, logo aos 17 anos, e já chamou a atenção pelo número de tentos e assistências. As boas atuações o levaram para o gigante Real Madrid, pelo valor de € 13 milhões, no ano de 2006. Nos galácticos, estreou em janeiro de 2007, e por lá permaneceu até 2013. Sua melhor temporada no clube merengue foi a de 2008/09, tendo marcado 24 gols no Campeonato Espanhol e dado nove assistências.

Foi no ano de 2013 que Higuaín se transferiu para o Napoli. O clube do sul da Itália pagou a quantia de € 37 milhões para contar com o futebol de argentino, que veio com a missão de substituir o recém-transferido para o PSG, Edinson Cavani. O centroavante não só substituiu bem o uruguaio como chegou ao status de ídolo nas três temporadas que por lá permaneceu, com destaque para a última, na qual levou os partenopei ao vice-campeonato italiano, atingindo a incrível marca de 36 gols em 38 jogos na Serie A, o maior artilheiro em apenas uma edição do torneio. Pela agremiação italiana, venceu a Copa Itália 2013/14 e a Supercopa Italiana de 2014, a última em cima da própria Juventus.