Palermo recebe a Juventus tentando quebrar tabu de cinco anos

Mal no campeonato, equipe siciliana vem de oito derrotas seguidas contra os bianconeri

Palermo recebe a Juventus tentando quebrar tabu de cinco anos
Palermo
Juventus
Palermo: Buffon; Daniel Alves, Rugani, Barzagli, Bonucci e Alex Sandro; Lemina (Hernanes), Khedira e Pjanic; Higuain e Mandzukic. Técnico: Massimiliano Allegri.
Juventus: Posavec; Alesami, Cionek, Gonzalez, Goldaniga e Rispoli; Gazzi, Bruno Henrique e Hiljemark; Nestorovisk e Diamanti. Técnico: Roberto De Zerbi.
INCIDENCIAS: Jogo válido pela 6ª rodada do Campeonato Italiano, a ser disputado no estádio Renzo Barbera, em Palermo.

A sexta rodada da Serie A será aberta neste sábado (24), às 13h, com o jogo entre Palermo e Juventus. Após fugir da zona do rebaixamento na última rodada, os rosaneri terão a difícil missão de segurar a Velha Senhora, que recuperaram o primeiro posto na tabela de classificação.

Com a vitória por 1 a 0 diante da Atalanta, fora de casa, o Palermo pulou da 19º posição para a 16º, ganhando um pouco de folego no campeonato. Já a Juve, que vinha de derrota no Derby d'Italia contra a Inter, venceu o Cagliari por 4 a 0 e reassumiu a liderança do torneio.

O Palermo tenta neste sábado voltar a vencer a Juventus após cinco anos. A última vez que o time da Sicília venceu os bianconeri foi na temporada 2010/11. Deste então foram oito jogos entre as equipes, com oito vitórias da Juventus.

Outro detalhe interessante nessa sequência de vitórias da Juve, é que o Palermo não marcou nenhum gol nos últimos cinco anos do confronto. Já a os bianconeri anotaram 17 tentos. A última partida ocorreu no Juventus Stadium, com vitória acachapante dos anfitriões por 4 a 0.

Mudança na frente

Apesar de aplicar um 4 a 0 na última rodada, o atacante Paulo Dybala passou em branco mais uma vez na temporada. A má fase do argentino dele levar Massimiliano Allegri a formar sua dupla de ataque com dois jogadores pesados: Gonzalo Higuaín e Mario Mandzukic. Marco Pjaca também pode ser uma surpresa caso o treinador opte por manter a característica da equipe.

No meio campo, Hernanes e Mario Lemina brigam por uma vaga entre os 11. O brasileiro vive péssima fase, recebendo vaias da própria torcida no último jogo. Já o gabonês tem feito atuações regulares, marcando inclusive um dos quatro gols da última vitória.

Poupado na última partida, o alemão Sami Khedira retorna à equipe. Na defesa, Allegri deve manter o esquema com três zagueiros, com Daniele Rugani, Andre Barzagli e Leonardo Bonucci favoritos por uma posição. Em boa fase, os brasileiros Alex Sandro e Daniel Alves devem aparecer nas alas. O zagueiro Mehdi Benatia segue indisponível.

"Enfrentaremos uma equipe diferente, fez quatro pontos em dois jogos fora de casa, vamos encontrar um Palermo ansioso, sem grande responsabilidade. Não podemos perder os três pontos, devemos dar continuidade a vitória contra o Cagliari", disse Massimiliano Allegri, em entrevista coletiva.

Na retranca

A missão do técnico Roberto De Zerbi não será fácil. Mas a vitória diante da Atalanta, fora de casa, deu mais tranquilidade para o Palermo. Para vencer a Juve, De Zerbi vai colocar um time igual ao do adversário em campo, pelo menos esquema: 3-5-2.

O Palermo não deve ter muitas mudanças em relação à última partida. Apenas o volante Gazzi, que entrou bem na última partida, é cotado para formar os 11. O brasileiro Bruno Henrique, que chegou a equipe na última janela, deve ser titular novamente.

"Eu não sei como você pode enfrentar este jogo, a não ser com o espírito habitual de sacrifício. Vamos jogar um jogo puramente defensivo, também porque vamos enfrentar o que é de longe o melhor time do campeonato, sob qualquer ponto de vista", declarou De Zerbi.