Mourinho destaca vitória do United na Copa da Liga Inglesa: "Sempre tivemos o controle"

Red Devils derrotaram, nesta quarta-feira, o Northampton, por 3 a 1; Mou comemora vitória e elogia atuação de Carrick

Mourinho destaca vitória do United na Copa da Liga Inglesa: "Sempre tivemos o controle"
Mourinho destacou o controle da sua equipe durante toda a partida (Foto: Shaun Botterill/Getty Images)

Depois de três partidas sem vitória, diante de Manchester City, Feynoord e Watford, o Manchester United voltou a vencer nessa quarta-feira (21). Pela Copa da Liga Inglesa, os Red Devils derrotaram a equipe do Northampton, da terceira divisão inglesa, por 3 a 1, com gols marcados por Michael Carrick, Ander Herrera e Marcus Rashford para o United, e Revell para o time rival. 

+ Com time alternativo, Manchester United bate Northampton sem esforços pela Copa da Liga

O técnico José Mourinho falou sobre o panorama geral do jogo, afirmando que a partida apresentou-se como esperava, com o controle nos pés dos seus comandados: “Nós merecemos. Foi como eu estava esperando. Estávamos totalmente no controle durante os primeiros 35 minutos e, depois, recuperamos o controle durante os últimos 25 minutos”.

O português falou sobre as substituições que efetuou no time durante a segunda etapa, como a entrada de Rashford, além de elogiar a postura do Northampton, que segundo ele mostrou-se aguerrido, tentando dificultar as coisas para a equipe de Old Trafford.

“Como uma equipe que tinha o controle desde o início eu acho que as substituições eram apenas uma contribuição e, em geral, a equipe teve completamente o controle. O jogo poderia e deveria ter sido mais fácil, porque normalmente é mais fácil contra 10 homens - que deveríamos ter jogado contra 10 homens logo no início da segunda metade. Mas eles lutaram e eles jogaram com a sua força. Eles tentaram nos causar problemas, o que fizeram às vezes, por isso foi um jogo difícil, mas no geral foi um desempenho positivo”, disse Mou.

Finalizando a entrevista pós-jogo, o treinador mostrou-se satisfeito com atuação do meio-campo da equipe, elogiando os desempenhos de Carrick de forma principal, Schneiderlin e Fellaini: “Eu não quero individualizar demais, eu acho que ele estava bem e eu acho que o meio-campo funcionou muito bem no controle do jogo. Troquei Schneiderlin pelo Marouane para tentar parar o que eu sei que ia acontecer com o nosso adversário a perder por 2-1, que era para eles para colocar bolas longas na caixa e à espera de bolas paradas. Mas eu acho que coletivamente a equipe estava bem”.