Londrina supera Brasil de Pelotas pelo placar mínimo em duelo do meio da tabela

Paranaenses conseguem vitória em jogo apertado e ultrapassam rubro-negro na tabela

Londrina supera Brasil de Pelotas pelo placar mínimo em duelo do meio da tabela
Londrina venceu jogo disputado e de muito combate no meio de campo. (Foto: Carlos Insaurriaga/GEB)
Londrina
1 0
Brasil de Pelotas
Londrina: Marcelo Rangel; Igor Bosel, Luizão, Matheus, Léo Pelé; Germano, Netinho (Igor Miranda), Rafael Gava; Paulinho Moccelin (Bidía), Itamar (Bruno Batata) e Jô Técnico Cláudio Tencati
Brasil de Pelotas: Eduardo Martini; Weldinho, Teco, Leandro Camilo, Brock; Nem, Washington (Elias), Clébson, Marcos Paraná (Nathan); Ramon (Nena) e Felipe Garcia. Técnico Rogério Zimmermann
Placar: 1-0, 3' 2T, Itamar
ÁRBITRO: Pablo dos Santos Alves (PB), auxiliado por Leandro dos Santos Rubredo (MT) e Sérgio Alexandre da Silva (MS) Cartões Amarelos: Netinho, Bidía e Marcelo Rangel; Washington, Teco e Felipe Garcia
INCIDENCIAS: Partida válida pela 13° rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Na noite desta terça-feira (28), o Londrina recebeu a equipe do Brasil de Pelotas no Estádio do Café, em jogo válido pela 13° rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O jogo foi realizado às 19h15, pelo horário de Brasília. A vitória pelo placar mínimo com gol do centroavante Itamar deu ao Tubarão - que vinha de duas derrotas - o seu quinto triunfo na competição.

Agora, o Londrina ultrapassa o Xavante na tabela de classificação. Com 19 pontos ganhos e cinco vitórias cada, ambas as equipes se equivalem, mas agora os paranaenses tem saldo superior e ocupam a nona colocação, uma a frente dos rivais. Na próxima rodada, o o Rubro-Negro parte para Caxias do Sul, onde irá enfrentar o Joinville (17°), enquanto o time do Café receberá o Criciúma (6°). 

Brasil joga no contra-ataque e quase surpreende

Logo no começo, os visitantes quase marcaram com Felipe Garcia, que desviou cruzamento de Marcos Paraná aos 2'. O goleiro Marcelo Rangel fez bela defesa e evitou o gol dos paranaenses. Após muitos minutos de disputa acirrada no meio campo e finalizações sem precisão, o Rubro-Negro quase marcou em chute isolado por cima do gol.

Sem inspiração, ambas as equipes tentavam tocar a bola, mas não conseguiam jogar com tranquilidade. A última boa chance da primeira etapa foi de Ramon, que recebeu bom passe de Nem e foi cortado antes mesmo de finalizar. O desanimador primeiro tempo se dava por encerrado. 

Londrina volta arrasador e Itamar decide

A volta do time da casa foi animadora para a torcida. Com apenas um minuto no cronômetro, Germano quase marcou de cabeça, fazendo Eduardo Martini trabalhar. No rebote, o arqueiro xavante fez nova defesa em chute de Rafael Gava.

Mesmo assim, o Tubarão seguiu pressionando, e dois minutos depois, Léo Pelé fez boa jogada pela esquerda e alçou para o centroavante Itamar, que cabeceou no canto direito de Martini, abrindo o placar para o Londrina

Atrás no placar, o time de Pelotas tentou empatar, mas Felipe Garcia marcou gol anulado por toque de mão, e, em seguida, desperdiçou boa chance, cabeceando para fora. Com a entrada de Nathan, o time de Rogério Zimmermann até pressionou a Falange Azul, que suportou bem a pressão para sair com a vitória.