Givanildo lamenta revés do América-MG para Chapecoense: "Desandou tudo no segundo gol"

Depois de perder de virada para a Chapecoense fora de casa, Givanildo irá fazer ajustes no time para o próximo compromisso

Givanildo lamenta revés do América-MG para Chapecoense: "Desandou tudo no segundo gol"
Givanildo Oliveira, técnico do América-MG (Foto: Reprodução/PFC)

Após a segunda derrota consecutiva, o América-MG segue em último lugar da tabela do Campeonato Brasileiro. Desta vez a derrota foi amarga, já que foi o América-MG que abriu o placar contra a Chapecoense, na Arena Condá, em Santa Catarina. O técnico, Givanildo Oliveira lamentou mais uma derrota e afirma que é necessário que haja mudança de postura dentro de campo.

“Tem que mudar sim a postura. Falamos isso na preleção. Tem que mudar isso aí a postura, porque senão vamos ficar só perdendo”, afirmou o comandante.

O América-MG, que terminou a primeira etapa vencendo, levou o empate logo aos 2 minutos do segundo tempo e foi depois dos 30 minutos que a Chapecoense virou e ampliou, finalizando 3 a 1. Segundo Givanildo, a equipe está irregular e precisa se adequar à série A. “A gente sempre diz que é difícil a Série B. Cada vez está mais difícil subir para a Série A. Mas a Série A todo mundo sabe que é outra coisa, só o nome já diz. Temos que entender que é por aí”, disse.

“Você faz um primeiro tempo arrumado, não agredimos tanto, mas fizemos o gol. Desandou tudo no segundo gol, fizemos o gol no primeiro tempo. Desarmou de uma forma que não teve jeito. Por isso tomamos o gol” completou o técnico.

Givanildo Oliveira afirmou que alinhará o time com orientações verbais. Essa falta de tempo deve-se ao compromisso do clube pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, que é na próxima quarta-feira (25), contra o Vitória, no Independência.

"Esse é o maior problema, porque nós voltamos de viagem na segunda-feira e terça-feira concentramos já com o jogo na quarta-feira. Terça-feira é treino, é difícil, mas não tem como. Então, vai ter que ser na conversa mesmo, tem que ajustar para ver se a gente começa a ganhar", finalizou.