Robinho comemora classificação 'com cara de Galo' na Copa do Brasil

Atlético-MG chegou a estar perdendo por 2 a 0, mas igualou o placar perante a Ponte Preta, em Campinas, e avançou às quartas de final

Robinho comemora classificação 'com cara de Galo' na Copa do Brasil
Ao lado de Júnior Urso, Robinho festeja classificação com a torcida atleticano no Moisés Lucarelli (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Revivendo os momentos de angústia da Libertadores de 2013 e Copa do Brasil de 2014, o Atlético-MG sofreu para conseguir reverter a vantagem da Ponte Ponte, em Campinas, e avançar às quartas de final da Copa do Brasil 2016. Após 1 a 1 no jogo de ida, no Mineirão, o Galo precisava de vitória ou empate de 2 a 2 para cima no estádio Moisés Lucarelli, na noite dessa quarta-feira (21), para conseguir a classificação.

O time mineiro saiu perdendo por 2 a 0, mas, na base do grito “Eu acredito”, conseguiu o empate aos 40 minutos do segundo tempo, com gol de Robinho. O atacante, logo após o apito final, celebrou a classificação atleticana.

Essa [classificação] foi com a cara do Galo. Nós acreditamos, a torcida também. Foi sofrido. Mas acho que sai todo mundo satisfeito pelo empenho. A gente não deixou de lutar e acreditar o tempo todo”, comemorou. “Merecido porque foi a equipe que mais buscou o gol. Eles vieram para se defender; procuraram ficar o jogo inteiro atrás e quando resolveram jogar, já era tarde”, acrescentou.

A definição do adversário do Atlético acontecerá na próxima sexta-feira (23), em sorteio que será realizado na sede da CBF, às 9h. No mesmo dia, serão definidas as datas e a ordem dos mandos de campo.

Robinho não quer passar por esse sufoco nas quartas de final. “Espero que da próxima vez possa ser uma classificação mais tranquila. A gente acabou tomando um gol que não queria no começo [do jogo] porque a gente teve mais posse de bola”, analisou.

Agora, o Atlético precisa se manter focado em duas competições, já que, além da Copa do Brasil, briga com Flamengo e Palmeiras pelo título do Campeonato Brasileiro. Robinho acredita que o plantel do Galo é capaz de conquistar ambas competições.

O presidente montou um elenco para tentar ganhas as duas competições. Acho que temos grupo para isso. Às vezes, a gente sente um pouco o cansaço, mas é normal. Todos os times são assim também. Agora, é orar, pedir a Deus que ninguém se machuque e jogar com o que tem de melhor”, concluiu o camisa 7.