Com três do artilheiro William, Avaí passa pelo Ceará e entra no G-4 da Série B

Leão da Ilha chegou a abrir 4 a 0, sofreu dois gols, mas venceu em Florianópolis e assumiu a 3ª posição

Com três do artilheiro William, Avaí passa pelo Ceará e entra no G-4 da Série B
Artilheiro do Leão tem quatro gols na Série B e 11 no ano (Foto: Jamira Furlani/Avaí FC)
Avaí
4 2
Ceará
Avaí: Renan; Renato, André Santos, Gabriel, João Paulo; Lucas de Sá, Jajá; Romarinho (Rômulo, min. 36/2ºt), Tatá (Alemão, min. 34/2ºt), Tauã; William (Lucas Coelho, min. 20/2ºt). Técnico: Silas
Ceará: Éverson; Eduardo, Antônio Carlos, Sandro (Tiago Cametá, intervalo), Thallyson (Bill, intervalo); Richardson, Baraka,Tomas Bastos (Ewerton Páscoa, min. 16/2ºt) Felipe; Alex Amado, Rafael Costa. Técnico: Sérgio Soares
Placar: 1-0, min. 31/1ºt, William. 2-0, min. 34/1ºt, William (pên). 3-0, min. 37/1ºt, Jajá. 4-0, min. 4/2ºt, William. 4-1, min. 22/2ºt, Bill. 4-2, min. 26/2ºt, Felipe
ÁRBITRO: Paulo Henrique de Melo (MS), que será auxiliado por Marcelo Grando (MT) e Leandro dos Santos Ruberdo (MS). Amarelos: Lucas de Sá, Rômulo (AVA); Éverson, Antônio Carlos, Bill, Rafael Costa (CEA)
INCIDENCIAS: 4ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2016, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, SC. Público: 3.116 torcedores; RENDA: R$ 35.994,00

Na Ressacada, o Avaí conseguiu três gols em sete minutos na primeira etapa e praticamente definiu a vitória sobre o Ceará. O resultado de 4 a 2 foi construído por três gols de William e um de Jajá para o Leão, enquanto Bill e Felipe descontaram para o Vozão.

Com sete pontos, o Avaí é o 3º colocado da Série B. Na próxima rodada, joga clássico contra o Criciúma, fora de casa, na terça-feira (31), às 19h15. No mesmo dia e horário, o Ceará, 13º, com quatro pontos recebe o Goiás.

Avaí aproveita chances e abre grande vantagem

Os minutos iniciais, o Ceará foi o time dominante da partida. Atrapalhando a saída de bola do rival, conseguia empurrar o Avaí contra sua defesa e tinha as melhores chances. Aos 5, Felipe arriscou de fora da área, a bola desviou e passou com perigo à esquerda do gol. Aos 17, em cobrança de escanteio para a área, Rafael Costa cabeceou na pequena área, mas Renan salvou o Leão.

Mesmo não conseguindo grandes jogadas, o Avaí foi equilibrando o jogo aos poucos, sofrendo menos pressão. Em sua primeira jogada de perigo, aos 27, Renato recebeu pela direita e levantou para William, que desviou de cabeça e abriu o placar. Quatro minutos depois, após saída errrada de Sandro, Romarinho avançou com espaço, invadiu a área, foi derrubado pelo goleiro Éverson e o juiz marcou pênalti. William foi para a cobrança e marcou seu segundo no jogo.

Aproveitando o bom momento no jogo, o Avaí demorou menos de três minutos para marcar novamente. Em cobrança de falta lateral, Jajá bateu com muita categoria e marcou o terceiro do Leão na Ressacada. Abalado pelas pancadas em sequência, o Ceará não conseguiu mais retomar o ímpeto inicial e passou a dar mais espaço para o rival, que levou grande vantagem para o intervalo.

Leão toma sustos, mas garante vitória

O técnico Sérgio Soares fez duas alterações no Ceará no intervalo tentando colocar o time mais a frente, tirando o zagueiro Sandro e o lateral Thalysson, para as entradas do centro-avante Bill e do também lateral Tiago Cametá, mas o Alvinegro deu muito espaço para o rival. Logo aos 3, Romarinho tabelou com Tatá e cruzou para William, antecipar o zagueiro e marcar pela terceira vez no jogo, fazendo 4 a 0 para o Avaí.

Além da grande desvantagem, o Ceará ainda tinha um setor defensivo muito exposto e o Leão conseguia achar espaços para assustar ainda mais. Só quando o zagueiro Ewerton Páscoa entrou no lugar do meia Tomas Bastos que o Vozão conseguiu se postar bem no jogo. Aos 22, Alex Amado colocou na área, Rafael Costa cabeceou, mas Renan deu rebote na defesa, e Bill apareceu para descontar. Quatro minutos depois, Felipe recebeu lançamento desviado por Rafael Costa, avançou pela direita e bateu cruzado, marcando o segundo do Alvinegro, descontando para 4 a 2.

Depois de um baque de dois gols em sequência, o Avaí conseguiu se assentar no jogo, e diminuir as chances do Ceará. O técnico Silas fez alterações e conseguiu diminuir a empolgação cearense. Só aos 45 o Alvinegro levou perigo. Richardson recebeu dentro da área, girou e bateu no canto, mas Renan fez grande defesa e garantiu três pontos importantes para seu time para a sequência da Série B.