Botafogo bate Corinthians e conquista título inédito do Brasileirão Sub-20

Alvinegro carioca é compacto, aproveita chances no ataque e vence Campeonato Brasileiro em plena Arena Corinthians

Botafogo bate Corinthians e conquista título inédito do Brasileirão Sub-20
Comemoração do gol marcado por Yuri (Foto: Divulgação / Botafogo)
Corinthians
0 2
Botafogo
Corinthians: Filipe; Samuel, Thiago, Vinícius Del'Amore e Carlo; Warian (Carlinhos), Dawhan, Mantuan e Fabrício Oya; Lauder (Pedrinho) e Léo Jabá.
Botafogo: Diego; Marcinho, Marcelo, Kanu e Victor Lindenberg; Bochecha, Matheus Fernandes, Alison e Yuri; Pachu (Mateus Jorge) e Gorne.
Placar: 0-1, min. 45'+, Yuri. 0-2, min. 28'/2º, Kanu.
INCIDENCIAS: Partida de volta da final do Campeonato Brasileiro sub-20, disputada na Arena Corinthians, em São Paulo.

Após empate no jogo de ida por 1 a 1, no estádio Luso Brasileiro, o Corinthians e o Botafogo voltaram a campo pela final do Campeonato Brasileiro sub-20. Os jovens botafoguenses não se intimidaram em plena casa corintiana, fizeram grande atuação defensiva e venceram com gols de Yuri e do zagueiro Kanu. Triunfo por 2 a 0 e título inédito ao trabalho de base do Alvinegro carioca diante de 12 mil torcedores.

No duelo, a Arena Corinthians foi o inverso da partida de ida, com grande público e o clima realmente de uma final de profissionais. Após as derrotas em clássicos no Brasileirão principal, os corintianos foram dispostos a conquistar o título pelos formados da base. Mas talvez não contassem com parada tão dura pela frente.

No primeiro tempo, claramente notou-se a proposta do Corinthians de resolver o confronto em casa. Um empate por 0 a 0 dava o título aos paulistas, mas nem por isso a equipe da casa resolveu esperar os botafoguenses. O primeiro tempo se desenvolveu com os corintianos com a bola, procurando acionar os homens de frente, como Léo Jabá, autor do gol na ida. A defesa do Botafogo de camisas pretas representava uma muralha à frente da área.

O Corinthians até marcou aos 5 minutos, mas a arbitragem assinalou a falta de Lauder sobre Marcelo. Aos 7', Fabrício bateu colocado e mandou próximo da meta. Após, as chegadas paulistas eram seguidamente rechaçadas pela defesa botafoguense.

O Fogão passou a sair de trás e trocar passes. Aos 46 minutos, a melhor chance e o aproveitamento: o volante Gustavo Bochecha deu passe preciso para passagem do camisa 7 Yuri, o jogador adentrou a pequena área e chutou na saída do goleiro. 1 a 0 para o Botafogo, em plena cidade de São Paulo.

O início do segundo tempo foi intenso. O Botafogo chegou na cara do gol aos 4 minutos, com Matheus Fernandes e Filipe saiu corajosamente para fechar o espaço. Já do outro lado, cabeçada corintiana de Léo Jabá chegou ao travessão e o goleiro ficou com a bola na sequência do lance.

No Corinthians, o técnico Osmar Loss sacou Fabrício Warian para entrada de Carlinhos, o artilheiro do time no torneio, e Lauder saiu para entrar Pedrinho. O Fogão estava mais encolhido, resguardado, mas teve bom contra-golpe aos 21 minutos e Filipe espalmou a finalização forte para salvar.

Kanu comemora segundo gol na final
(Divulgação / Botafogo)

Aos 28 minutos, a consagração do defensor. O bom papel defensivo apareceu no ataque para conferir: cobrança de falta de Marcinho e Kanu esticou a perna para finalizar no alto, sem chances para Filipe: 2 a 0 ao Botafogo, campeão do Brasileiro sub-20. Os corintianos sentiram de vez o golpe e não conseguiam esboçar reação.

A tacada final poderia vir nos acréscimos, em pênalti marcado para o Fogão, passada marca dos 45 minutos. Volante e um dos destaques da equipe, Gustavo Bochecha partiu para a cobrança, mas mandou para fora, por cima. Os lamentos foram breves, pois o jogo chegou ao fim. Invasão dos reservas, vibração dos esforçados titulares e dos cariocas presentes nas tribunas da Arena Corinthians: Botafogo ineditamente campeão do Campeonato Brasileiro sub-20!