Corinthians bate Sport e conquista segunda vitória seguida no Brasileirão

Após um início melhor da equipe mandante, Timão se recupera após mudanças de Tite, vence o Sport e conquista mais três pontos no campeonato

Corinthians bate Sport e conquista segunda vitória seguida no Brasileirão
(Fotos: Ney Gusmão/Vavel Brasil)
Sport
0 2
Corinthians
Sport: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval, Renê (Rodney Wallace); Rithely, Serginho, Gabriel Xavier (Túlio de Melo), Everton Felipe, Diego Souza; Edmílson.
Corinthians: Walter; Fagner, Felipe, Vilson, Uendel; Cristian, Bruno Henrique, Marquinhos Gabriel, Guilherme, Giovanni Augusto (Marlone); Luciano (Lucca).
Placar: 0-1, min. 24 (2ºT), Lucca. 0-2, min. 33 (2ºT), Marquinhos Gabriel.
ÁRBITRO: WAGNER REWAY (MS); Cartões Amarelos: Rithely (min. 15 - 1ºT); Guilherme (min. 38 - 1ºT); Renê (min.
INCIDENCIAS: Partida válida pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro, disputada neste domingo, às 11h, na Ilha do Retiro, no Recife.

Três pontos na conta e a sensação de que a má fase passou. Foi com isso que o Corinthians deixou deixou o campo hoje, após derrotar a equipe do Sport por 2 a 0 e conquistar sua segunda vitória seguida no Campeonato Brasileiro. Pelo que foi apresentado na partida, o Timão, pelas mãos do técnico Tite, parece ter encontrado sua escalação ideal, com apenas algumas alterações a serem feitas no pisicionamento dos eleitos para o denominado time titular. 

Com o resultado conquistado na manhã deste domingo (29), o Corinthians soma 7 pontos, e no momento é o vice líder do campeonato, enquanto o Sport segue com apenas um ponto conquistado, pemanecendo como lanterna do Brasileirão isolado. Na próxima rodada, que tem início na quarta-feira (01), o Timão receberá o Santos na Arena Corinthians, e o Leão da Ilha irá visitar o Santa Cruz (até o momento invicto na competição), no Arruda.

Sport inicia a partida superior a equipe paulista 

Com muitos erros de passe de ambas as partes, o primeiro lance de perigo veio da equipe recifense, aos 8 minutos. Samuel Xaxier avançou pelo lado direito e cruzou rasteiro para Edmílson, que se antecipou em relação ao zagueiro Felipe, e mandou uma bomba, atingindo o travessão da equipe alvinegra. Na tentativa de responder, aos 12', Fagner avançou também pela direita e rolou a bola para Bruno Henrique tentar o chute de fora da área. A bola apenas passou à direita do gol de Magrão e foi direto para fora. Nos minutos seguintes, o Sport prendeu a bola em seu campo de ataque, até que Diego Souza tentou um cruzamento que acabou parando nas mãos de Walter

Em mais um lance de Samuel Xavier, nova chance para o Leão da Ilha. Aos 23 minutos, o zaguerio aplicou uma linda caneta em Giovanni Augusto e cruzou na área, mas ninguém do rubro-negro aproveitou a oportunidade. Um minuto depois, foi a vez de Marquinhos Gabriel aparecer na partida, driblando Matheus Ferraz e tentando passe para Bruno Henrique, que vinha livre na direita; mas, o próprio Matheus conseguiu fazer o corte. Nesse ponto, era possivel perceber um Sport superior a seu rival, fazendo seu melhor primeiro tempo no Campeonato Brasileiro até então, 

Aos 26', em um avanço de Guilherme pelo Timão, para pressionar a equipe mandante, o meia trombou com Rithely, que desabou, provocando protestos por parte da torcida pernambucana que pedia cartão para o corinthiano. No minuto 27, o mesmo Guilherme foi responsável por um lindo lançamento para Marquinhos Gabriel, que invadiu a área com liberdade mas chutou fraco, para ótima defesa do goleiro Magrão. 

Houve parada técnica do jogo para que os jogadores pudessem se hidratar e, o último lance que chamou a atenção na etapa inicial veio apenas aos 41', em mais um ataque do Sport, que exigiu boa defesa do goleiro Walter. Após cruzamento de Gabriel Xavier, Diego Souza subiu mais do que Vilson e cabeceou no cantinho. Walter conseguiu alcançar a bola com um tapa de mão direita. Fim do primeiro tempo, tudo igual da Ilha do Retiro. 

Corinthians acerta a marcação e chega melhor no segundo tempo 

O Timão retornou para o segundo tempo com mudanças de posicionamento. Tite pediu que Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel invertessem as posições. Sendo assim, Giovanni passou a jogar pela direita e Marquinhos pela esquerda. Aos 7 minutos, a alteração já começou a mostrar resultados. Com uma bela troca de passes, Guilherme tocou de calcanhar para Marquinhos que se ajeitou para finalizar, e viu Magrão crescer para fazer uma belíssima defesa. Com 16 minutos, Tite resolveu mexer no time, tirando Luciano e, colocando em seu lugar o atacante Lucca. 

Em sua primeira participação no jogo, Lucca recebeu lançamento de Guilherme, foi à área, mas errou o cabeceio. Mesmo com pouco tempo do retorno do intervalo, já era possível notar que a equipe do Sport não conseguia manter o ritmo da etapa inicial, e o Corinthians passava a jogar em seu campo de defesa, apenas esperando um erro da equipe mandante para partir pro contra-ataque.

Com 24 miutos, veio a redenção de Lucca (após ter perdido a posição de titular) e consagração do bom momento da equipe paulista na partida. Giovanni Augusto escapou pela direita sozinho e cruzou na cabeça de Lucca, que veio de fora da área, ganhou de Samuel Xavier e finalizou sem chances para Magrão. O atacante mandou para o fundo da rede, 0-1 para o Corinthians. O tento causou uma explosão dos torcedores corinthianos presentes no estádio, que passaram a se fazer cada vez mais ouvidos em plena Ilha do Retiro. O gol abalou a equipe do Sport, que não conseguia mais criar jogadas de perigo.

Após mais uma parada técnica para que os jogadores pudessem se hidratar, aos 33' o Timão ampliou o placar. Bruno Henrique armou contra-ataque e a bola sobrou para Guilherme, que tocou pelo alto, de pé esquerdo, para Marquinhos Gabriel. Sozinho, o meia deixou a bola quicar e soltou uma bomba dentro da área, sem chances para Magrão. Foi o primeiro gol de Marquinhos Gabriel com a camisa do Corinthians e, com o placar já em 2 a 0, o Sport aparentou abrir mão do jogo, lutando apenas para não tomar mais gols. Antes que a partida cumprisse seus acréscimos, aos 44 minutos, em jogada do Timão, Rodney Wallace aparece para afastar a bola e, no susto, mandou contra o próprio gol, mas Magrão fez a defesa. Fim de jogo na Ilha do Retiro, o Corinthians volta a respirar após sua segunda vitória seguida, enquanto o Sport continua a amargar o longo período sem vitórias.