Diretoria do Coritiba comenta confusão de Juan e Pachequinho: "Vamos tratar internamente"

Ao ser substituído, meio-campista discutiu com treinador em tom extremamente agressivo; diretor de futebol Alex Brasil estuda punição

Diretoria do Coritiba comenta confusão de Juan e Pachequinho: "Vamos tratar internamente"
Dirigente levou decisão quanto a punições para Curitiba (Foto:Divulgação/Coritiba)

O ambiente do vestiário coxa branca, ao que tudo indica, vai de mal a pior. Como se não bastasse a derrota por um gol de diferença diante do Atlético-MG, 2 a 1, o meio campista Juan novamente entrou em conflito com seu comandante, após ter sido no fim da segunda etapa substituido para a entrada do estreiante Bernardo.

Esta não é a primeira vez que há desentendimentos entre os mesmos. Diante do Botafogo, no empate de 0 a 0, jogador deixou o gramado do Couto Pereira mostrando-se indignado com a decisão do treinador, pois, na ocasião, argumentava estar se sentindo bem fisicamente.

Em sua coletiva, Pachequinho foi questionado sobre o fato ocorrido, porém preferiu desconversar e deixar o assunto nas mãos da direção coxa branca: "Quem vai conversar sobre isso é a diretoria. Ela é quem vai definir e decidir sobre o assunto. O meu dever é falar e focar sobre o jogo", disse o treinador, afirmando não ter conversado com o atleta no vestiário mesmo após a discussão.

Representante da delegação alviverde em Belo Horizonte, o diretor de futebol, Alex Brasil, não quis adiantar qualquer punição ao meio campista, mas reinteirou que, ainda no vestiário, era possível ver o quanto seus companheiros de time o cobravam pelas suas atitudes eufóricas no estádio.

"Após a derrota todos estão de cabeça quente, não é uma atitude que nós compactuamos, mas vamos tratar sobre isso internamente. Não é o momento de tomar nenhum tipo de atitude. Vamos conversar na volta, em Curitiba, e resolver esse assunto. Nenhum membro da comissão compactuou com uma atitude como essa. A cobrança existiu, os atletas se cobraram, temos que tirar um ponto positivo disso. Eles estavam empenhados com o jogo, mas o resultado não veio"

Mesmo não confirmando uma punição específica, Alex Brasil falou um pouco a cerca da atitude do jogador alviverde, atitude a qual ele considera desrespeitosa tanto ao clube, como ao treinador:  "Isso não pode acontecer, é falta de respeito não só com o treinador, mas com todos os demais companheiros. A gente vai analisar internamente e vamos tomar as decisões cabíveis o quanto antes para que possamos dar sequência ao nosso trabalho. É uma situação que vai ser solucionada e todos vocês saberão o quanto antes", avaliou.

Com mais essa derrota somada, o coxa segue sem sorrir no Brasileiro e está localizado na penúltima colocação do campeonato. Na próxima etapa, os mesmos irão até Recife, onde irão duelar com o Santa Cruz mais uma vez fora de seus domínios. O jogo está marcado para este sábado(23), às 18h30min, no Arruda.