Coritiba aproveita erro do Sport, vence e abre vantagem para Z-4

Em jogo direto contra rebaixamento, Coxa bate Leão pelo placar mínimo e se distancia da degola; rubro-negros sofrem terceira derrota em casa no certame

Coritiba aproveita erro do Sport, vence e abre vantagem para Z-4
Foto: Divulgação/Coritiba
Sport
0 1
Coritiba
Sport: Agenor; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Rodney Wallace (Renê, min. 73); Paulo Roberto, Neto Moura (Rogério, min. 55), Gabriel Xavier, Diego Souza e Everton Felipe (Vinícius Araújo, min. 77); Ruiz. Técnico: Oswaldo de Oliveira
Coritiba: Wilson; Dodô, Luccas Claro, Nery e Juninho; Edinho, Amaral (Ícaro, min. 41), Raphael Veiga (César González, min. 48) e Yan; Leandro e Kazim. Técnico: Paulo César Carpegiani
Placar: 0-1, min. 31, Amaral
ÁRBITRO: Marielson Alves da Silva (BA). Cartão amarelo: Leandro (min. 16)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016, disputada na Ilha do Retiro, em Recife, Pernambuco

Mostrando um futebol aquém do esperado, em "jogo de seis pontos", o Sport enfrentou o Coritiba, na tarde deste domingo (18), na Ilha do Retiro, em Recife. Ante pouco mais de sete mil torcedores, o Leão não deu sequência às boas atuações que teve nos últimos dois confrontos e foi derrotado por 1 a 0, com gol marcado por Amaral, vendo o Coxa abrir boa vantagem diante dos rivais na luta contra a degola.

Com o resultado negativo dentro de casa, os leoninos se complicam e ficam mais próximos à zona de rebaixamento, ficando na 14ª posição e permanecendo com 30 pontos. Os alviverdes, por sua vez, sobem na classificação para a 13ª colocação e chegando aos 33 pontos ganhos, o que os faz abrir boa vantagem.

Os times voltam a campo, pela 27ª rodada do Brasileirão, no próximo sábado (24). Os pernambucanos jogam novamente em seus domínios, ao receber o Santos, às 18h30, enquanto que os paranaenses vão para São Paulo enfrentar o líder Palmeiras, às 16h, no Allianz Parque, com o objetivo de se distanciar mais da parte inferior da classificação.

Coritiba aproveita erro de Agenor e sai em vantagem

A partida, por ter caráter decisivo, teve um início bastante truncado e equilibrado, com poucos lances ofensivos, mas bem trabalhados. Sem criatividade, tanto Sport como Coritiba não conseguiram chegar para o ataque com qualidade, deixando o duelo tranquilo aos dois goleiros nos primeiros dez minutos.

Com maior volume de jogo, o Leão aproveitou a força da torcida para chegar com mais perigo. Em um dos lances, Diego Souza bateu lateral rapidamente para Everton Felipe, que mandou na pequena área para Gabriel Xavier, mas o meia não alcançou. Em seguida, após boa troca de passes, Neto Moura recebeu pivô de Gabriel, chutando firme para boa defesa de Wilson.

Apesar de atacar pouco, o Coxa foi para cima e, explorando erro, saiu em vantagem na Ilha do Retiro. Raphael Veiga levantou bola na área, Agenor falhou sozinho e Amaral raspou para o fundo do barbante do time rubro-negro. O gol sofrido foi um verdadeiro banho de água fria nos pernambucanos, pois ficaram nervosos e viram o alviverde focar mais na defesa, valorizando o resultado conquistado.

Nos minutos finais, o confronto voltou a ser de domínio dos donos da casa, uma vez que necessitavam a todo custo do empate antes mesmo do intervalo para minimizar o clima ruim com os torcedores. Everton Felipe fez boa jogada individual pela direita e foi derrubado, porém a arbitragem mandou seguir. Em sequência, Diego Souza recebeu bom passe, dominou e arriscou fraco, contudo Wilson quase se atrapalhou sozinho.

Coxa segura resultado e confirma vitória

Para o segundo tempo, os times voltaram sem substituições e tendo a mesma postura do primeiro, com o Sport sendo mais incisivo para ter boas jogadas. Com dois minutos, Everton Felipe levantou na pequena área e Ruiz dominou, porém demorou para o chute e tentou encobrir Wilson, perdendo boa chance.

Com mais volume, o Leão não abdicou de atacar e seguiu buscando o gol de empate. Forte pelo lado direito ofensivo, Everton Felipe soltou o pé e obrigou o arqueiro do Verdão a intervir. Logo depois, o mesmo Everton finalizou, mas mandou para fora e não conseguiu balançar a rede.

Reconhecendo a necessidade de ficar presente ao ataque, Oswaldo de Oliveira fez a primeira mudança no time, ao colocar Rogério e tirar o volante Neto Moura, dando mais ofensividade. Ainda assim, quem foi para cima foi o Coritiba, que tentou explorar saída errada de Gabriel Xavier, contudo Kazim chutou fraco e Agenor defendeu seu esforços.

Mais criativo, o Coxa tentou aproveitar as falhas leoninas para atacar e, dessa maneira, assustar. Depois de boa troca de passes pela direita, a bola sobrou com liberdade para César González encher o pé, mas o venezuelano arrematou sem direção, mandando na rede pelo lado de fora.

Melhor em campo no lado pernambucano, Everton Felipe até buscou bons lances individuais, entretanto o resto do time teve ritmo distinto e fez a torcida ficar cada vez mais impaciente. A impaciência agravou quando Oswaldo tirou Everton e promoveu Vinícius Araújo, que mal atacou e não fez nada para empolgar. Os visitantes, que jogaram afim de tirar proveito dos erros, no entanto sem demonstrar eficiência nas finalizações e segurando o resultado positivo.

Coritiba: Wilson; Dodô, Luccas Claro, Nery e Juninho; Edinho, Amaral (Ícaro, min. 41), Raphael Veiga (César González, min. 48) e Yan; Leandro e Kazim. Técnico: Paulo César Carpegiani

0-1, min. 31, Amaral

Marielson Alves da Silva (BA). Cartão amarelo: Leandro (min. 16)

Partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016, disputada na Ilha do Retiro, em Recife, Pernambuco