Vizeu faz dois e Flamengo bate Atlético-MG no Mané Garrincha

Fla se recupera após derrota por 4 a 0 para o Corinthians e leva a melhor em confronto direto contra o Galo

Vizeu faz dois e Flamengo bate Atlético-MG no Mané Garrincha
Felipe Vizeu celebra primeiro gol da partida (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Flamengo
2 0
Atlético-MG
Flamengo: Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz, Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão; Mancuello (Canteros), Marcelo Cirino (Gabriel); Felipe Vizeu e Fernandinho (Cuéllar). Técnico: Jayme de Almeida
Atlético-MG: Victor, Marcos Rocha (Carlos César), Leonardo Silva, Erazo, Rafael Carioca, Douglas Santos, Robinho, Patric (Maicousuel), Carlos, Junior Urso e Clayton (Hyuri). Técnico: Marcelo Oliveira
Placar: Felipe Vizeu (12 MIN, 1º tempo, 12 MIN, 2º tempo)
ÁRBITRO: Marielson Alves Silva (BA). Cartões amarelos: Erazo (16 MIN, 1º tempo), Robinho (30 MIN, 1º tempo), Carlos César (21 MIN, 2º tempo), Carlos (25 MIN, 2º tempo). Pará (25 MIN, 2º tempo),
INCIDENCIAS: Partida válida pela décima quarta rodada do Campeonato Brasileiro, realizada no Mané Garrincha, em Brasília

O jogo entre Flamengo e Atlético-MG neste domingo (10), no Mané Garrincha, em Brasília, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, era um confronto direto e valia vaga no G-4. Melhor para os cariocas, que, com dois gols de Felipe Vizeu, conseguiram se recuperar da goleada sofrida para o Corinthians na última rodada.

Guerrero, suspenso, Ederson, Everton, Alan Patrick e Rodinei, lesionados, foram os desfalques do Fla. Emerson Sheik tinha seu retorno esperado para esta partida, mas se machucou novamente. O Galo perdeu Cazares no aquecimento e já não contaria com Fábio Santos. Fred estava suspenso.

Com esse resultado, o time carioca salta para o 4º lugar na tabela do Brasileirão, com 23 pontos. Ao final da rodada isso ainda pode mudar já que Santos, Internacional e Atlético-PR ainda não jogaram. Os mineiros ficam em 9º, com 20 pontos.

Flamengo é melhor na primeira etapa e Felipe Vizeu abre o placar

O Flamengo começou melhor e arriscando mais na partida. Aos 5 minutos, Mancuello cobrou falta da intermediária e Réver passou de cabeça para o meio da área. Leonardo Silva afastou o perigo jogando a bola para escanteio. Na cobrança, Mancuello bateu e Arão cabeceou para fora, ao lado da trave direita de Victor.

Aos 12 minutos o Fla conseguiu chegar ao gol. Mancuello passou para Vizeu e o jovem jogador chutou da entrada da área no canto do gol de Victor. 1 a 0 para o clube carioca.

O Galo tentava chegar, mas não conseguia levar perigo ao gol de Muralha. Aos 15, Patric cruzou da ponta esquerda para Marcos Rocha, que passou para Clayton finalizar por cima do gol.

O Galo sentia a ausência de Cazares, que estava escalado no time titular, mas sentiu no aquecimento e foi cortado. Aos 17 minutos, Robinho recebeu inversão de jogo na esquerda, cruzou para Clayton, mas Rever desarmou o atacante. O Flamengo dominava o jogo e tinha mais posse, principalmente no meio de campo.

Aos 21 minutos, Douglas Santos cruzou na ponta esquerda, mas Muralha ficou com a bola. Aos 34, Mancuello recebeu lançamento de Cirino dentro da área e chutou cruzado, com a perna esquerda. Victor defendeu em dois tempos. 

O Galo chegou perto de marcar seu primeiro gol em duas oportunidades, mas viu seus dois gols anulados. Aos 42, Robinho, impedido, faz gol após passe de Patric. Logo no lance seguinte, Carlos também marcou um gol em posição irregular. O Atlético-MG voltou melhor após a parada técnica e criou mais chances, assustando o Flamengo.

Vizeu faz mais um e liquida partida para o Flamengo

O Atlético-MG voltou arriscando mais no segundo tempo. Logo no primeiro minuto de jogo, Clayton tentou um cruzamento da ponta direita em contra-ataque do Galo, mas Muralha espalmou a bola para fora da área. Aos 4, Vizeu faz ótima infiltração para Fernandinho na direita, avançou para perto da área, mas errou o passe. Aos 7 minutos, Marcos Rocha sofreu uma séria lesão no cotovelo e precisou sair de campo, dando lugar a Carlos César.

Aos 9 minutos, Clayton recebeu passe de Robinho na ponta direita, puxou para dentro e chutou forte de perna esquerda. Muralha fez ótima defesa espalmando para fora. Três minutos depois, aos 12, Felipe Vizeu fez mais um. Fernandinho recebeu na ponta esquerda, driblou o marcador e cruzou para Vizeu na pequena área. O atacante se antecipou e empurrou a bola para dentro do gol.

Aos 18, Willian Arão arriscou chute da intermediária após rebatida de Leonardo Silva. A bola saiu pela linha de fundo, sem perigo para Victor. Com 26 minutos, Douglas Santos cruzou da esquerda e Hyuri finalizou de peito para fora, sem perigo para Muralha.

O Flamengo tentava apenas segurar o resultado, enquanto o Galo se utilizava de seu último fôlego para tentar uma reação na partida. A dificuldade para infiltrar a área rubro-negra acabou dificultando qualquer tipo de tentativa dos mineiros.