Paysandu recebe Náutico visando reabilitação na classificação da Série B

Papão espera lotar a Curuzu para empurrar o time que se encontra em situação delicada na competição, enquanto o Timbu quer vencer a primeira fora de casa

Paysandu recebe Náutico visando reabilitação na classificação da Série B
Time do Paysandu treina para enfrentar o Náutico. Foto: Divulgação/Paysandu SC
Paysandu
Náutico
Paysandu: Marcão; Edson Ratinho, Domingues, Pablo (Fernando Lombardi), Lucas; Ricardo Capanema, Jhonnatan (Augusto Recife), Celsinho, Rafael Costa (Raí); Fabinho Alves, Betinho (Alexandro). Técnico: Dado Cavalcanti
Náutico: Julio Cesar; Joazi, Rafael Pereira, Eduardo, Mateus Muller; Gastón, Maylson, Renan Oliveira (Jefferson Nem), Taiberson (Tiago Adan), Rony; Bergson. Técnico: Alexandre Gallo
ÁRBITRO: Leandro Pedro Vuaden (RS). Assistentes: Flavio Gomes Barroca (RN), Jean Marcio dos Santos (RN)
INCIDENCIAS: Partida válida pela sétima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2016, a ser realizada no Estádio da Curuzu, em Belém/PA

Com apenas cinco pontos e uma vitória em seis jogos, o Paysandu volta a jogar nesta terça-feira (7) no acanhado estádio da Curuzu para tentar reencontrar o caminho das vitórias na Série B do Campeonato Brasileiro 2016. O adversário do décimo sexto colocado da competição é o Náutico, que apesar da quinta posição na tabela não vence longe do Recife há 18 jogos e espera quebrar esse tabu contra a equipe paraense.

A única vitória do Papão na Série B foi justamente na Curuzu, contra o Luverdense. Nos dois últimos jogos o Bicolor acumulou duas derrotas, contra o Brasil, em Pelotas e contra o Bahia, em Salvador. O torcedor espera que, apesar dos seis desfalques para a partida, o mando de campo faça a diferença e o único representante do Norte na competição consiga vencer e respirar na tabela.

Pelo lado alvirrubro, a expectativa é que o clube pernambucano tenha melhor sorte no ataque e conquiste sua primeira vitória fora de casa pela Série B. Para isso a postura ofensiva deverá ser mantida, e a torcida timbu espera que a evolução apresentada no empate sem gols contra o Bahia, em Salvador e a vitória contra o Joinville na Arena Pernambuco se transforme em gols e resultados positivos.

Ex-Timbu pode estrear no Papão

Além da pressão diante da situação do Paysandu na tabela, o técnico Dado Cavalcanti terá como dificuldade a lista extensa de desfalques para a partida contra o Náutico. A ausência mais sentida será no gol: o goleiro Emerson levou o terceiro cartão amarelo na partida contra o Bahia e dará lugar a Marcão. Além deste, outros cinco jogadores estão entregues ao Departamento Médico: o zagueiro Gualberto, os laterais Roniery e João Lucas e os atacantes Ruan e Bruno Veiga.

Em compensação, o ataque ganhou novos reforços. Leandro Cearense e Betinho estão recuperados de lesão. Betinho, que já jogou no Náutico, está cotado para assumir uma vaga no ataque titular. O centroavante não é o único ex-alvirrubro que poderá estar em campo: o meia recém-contratado Hiltinho, um dos destaques do Timbu em 2015, foi finalmente regularizado, estará no banco de reservas na partida e deverá estrear justamente contra seu ex-clube.

Dado Cavalcanti não divulgou a equipe titular que enfrentará o Alvirrubro, mas a provável escalação do Alviceleste deverá ser composta com: Marcão; Edson Ratinho, Domingues, Pablo (Fernando Lombardi) e Lucas; Ricardo Capanema, Jhonnatan (Augusto Recife), Celsinho e Rafael Costa (Raí); Fabinho Alves e Betinho (Alexandro).

Náutico com força total no ataque

O técnico Alexandre Gallo não divulgou a escalação que enfrentará o Paysandu, mas já mostrou que o Náutico vai entrar com uma postura bastante ofensiva, buscando a vitória desde os primeiros minutos. As principais dúvidas do treinador são justamente no setor ofensivo: Jefferson Nem e Tiago Adan, que apresentaram um bom futebol contra o Joinville, podem ocupar as vagas de Renan Oliveira e Taiberson, respectivamente.

Gallo ressaltou que apesar da má campanha, o Paysandu é um adversário difícil e conhece bem a equipe alvirrubra devido aos ex-jogadores e ao técnico pernambucano Dado Cavalcanti.

"Eles têm jogadores numa condição de boa habilidade técnica, um time bem montado. Esperamos ter dificuldades. Mas as nossas escolhas a gente guarda para a gente porque do outro lado tem um treinador que conhece bem o lado daqui e quanto mais pudermos dificultar a vida dele melhor para nós", afirmou.

O Timbu deverá entrar em campo contra o Papão com: Julio Cesar; Joazi, Rafael Pereira, Eduardo e Mateus Muller; Gastón, Maylson, Renan Oliveira (Jefferson Nem), Taiberson (Tiago Adan) e Rony; Bergson.