Doriva volta a lamentar falta de pontaria do ataque do Santa Cruz

Após derrota frente ao Cruzeiro, treinador santacruzense chegou até a afirmar que o clube precisa contratar pelo menos mais uma peça para o setor

Doriva volta a lamentar falta de pontaria do ataque do Santa Cruz
Foto: Ney Gusmão/VAVEL Brasil

Desde sua estreia no comando do Santa Cruz, o técnico Doriva não viu sua equipe marcar nenhum gol. Foram ao todo três partidas à frente do Mais Querido: a derrota pelo placar mínimo para o Fluminense, o empate sem gols contra o Sport e, na manhã deste domingo (28), uma nova derrota, desta vez para o Cruzeiro, no Mineirão, pelo placar de 2 a 0, em jogo do Campeonato Brasileiro 2016. E novamente a falta de pontaria do ataque incomodou o comandante coral, que atribuiu a derrota à ineficiência nas finalizações e à desatenção no início da segunda etapa.

Nós sabíamos da dificuldade que seria enfrentar o Cruzeiro no Mineirão. Tivemos chances de marcar no primeiro tempo, mas a bola mais uma vez não entrou. No segundo tempo, o Robinho foi feliz num chute quando o jogo estava equilibrado. Depois tivemos um descuido e demos mais um gol para eles. Vieram as substituições para tentar reagir e até tivemos volume, mas infelizmente não foi o suficiente”, lamentou Doriva.

O treinador também voltou a bater na tecla da falta de confiança na hora de finalizar, e chegou a pedir um novo nome para o setor. “Temos que mobilizar os atletas. A gente sabe que temos jogadores que podem fazer gols, e precisamos que eles voltem a fazer para ganhar confiança. Vamos nos superar para que os gols aconteçam. Só com gols podemos vencer as partidas. A gente depende dos nossos atacantes. Obviamente, seria importante a diretoria trazer mais um, se tiver a possibilidade”, comentou.

Doriva reconheceu que a situação do Tricolor no Campeonato Brasileiro é muito complicada, mas prometeu que a luta para fugir do rebaixamento vai continuar. “Saímos derrotados hoje, mas temos que tirar força interna para prosseguir. Sabemos que a situação é crítica, mas ninguém aqui vai jogar a toalha. Temos uma boa sequência em casa e precisamos aproveitar esses pontos para sair dessa situação desagradável”, encerrou.