Rodrigo Caio lamenta lesão de Ganso na vitória diante do Fluminense

Na saída dos jogadores, pouco se comentou sobre a partida. O assunto principal foi a lesão de Paulo Henrique Ganso e a possível gravidade da contusão do maestro Tricolor

Rodrigo Caio lamenta lesão de Ganso na vitória diante do Fluminense
Ganso coloca a mão na coxa direita, local onde sentiu uma lesão na partida diante do Fluminense (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

O São Paulo entrou em campo na noite desta quarta-feira (29) para enfrentar o Fluminense, e venceu por 2 a 1. Os gols dos paulistas foram marcados por João Schmidt e pelo contestado Alan Kardec. Cícero, ex-São Paulo, descontou para os cariocas. Entretanto, o final da partida foi marcado pela apreensão dos torcedores do Tricolor Paulista.

Paulo Henrique Ganso sentiu uma lesão na coxa, e deve fazer exames em breve para descobrir a gravidade da lesão. Caso seja grave, o jogador deve desfalcar a equipe na partida de ida das semifinais da Libertadores da América, diante do Atlético Nacional (COL). Outro jogador que sentiu  foi o estreante Cueva. O atleta também deve passar por exames para descobrir o grau da lesão.

A lesão do maestro São Paulino foi um dos destaques na saída dos atletas de campo e também na zona mista. Um dos jogares que comentou foi o goleiro Dênis: “A preocupação é grande. Não sabemos ainda se é grave. Vamos torcer para não ser", ressaltou o titular da meta tricolor.

Outro que também comentou o fato foi o zagueiro da equipe, e recém convocado para os Jogos Olímpicos, Rodrigo Caio: "Ganso disse que sentiu um pouco a coxa, mas vamos torcer para que não seja nada de grave. Essa é uma questão mais dos médicos, é difícil falar", finalizou o jogador.

Quem também falou sobre a possível lesão do maestro do Tricolor foi médico da equipe, Dr. José Sanchez, mas este lembrou que o jogador “apenas” reclamou de dores, e que ainda não é possível saber se o meia poderá jogar as semifinais do torneio continental: "Vamos ver se houve um estiramento e, se houve, qual será a duração do tratamento. A ideia é resolver tudo isso amanhã", disse Sanchez.