Josh Barnett finaliza Andrei Arlovski e declara: "Sou um cara que nasceu pra lutar"

Combate entre pesos-pesados foi a luta principal do UFC Hamburgo; Brasileiros perdem lutas no card preliminar

Josh Barnett finaliza Andrei Arlovski e declara: "Sou um cara que nasceu pra lutar"
Ex-campeões fizeram luta eletrizante (Foto:Divulgação/UFC)

Na tarde deste sábado (3), aconteceu em Hamburgo, na Alemanha, o UFC Fight Night 93. O evento contou com Andrei Arlovski e Josh Barnett no card principal e foi a luta que mais animou os fãs presentes. Já no card preliminar, os dois brasileiros participantes perderam e a luta feminina contou com um nocaute.

O combate entre o ex-campeões dos pesos-pesados foi tudo o que se espera de um card principal. A luta contou com knockdowns, boas chances para ambos competidores e se manteve incrível até o terceiro round, quando Barnett aplicou um estrangulamento no bielorruso e finalizou-o. Sua atuação rendeu o prêmio de “Performance da Noite”, que dividiu com Ryan Bader. Além disso, a luta foi premiada como “Luta da Noite”.

Após o combate, Barnett abraçou o adversário e declarou “Andrei e eu viemos aqui para dar a vocês uma grande luta. Ele é um cara grande, deu o máximo de si e me deu muito trabalho. Busquei uma oportunidade de finalizá-lo e consegui. Ele não queria desistir, mas eu o forcei a isso. Sou um cara que nasceu para lutar".

Os dois brasileiros que participaram do card preliminar não conquistaram vitória. Leandro Buscapé perdeu por pontos para o russo Rustam Khabilov. Já Leandro Issa foi dominado por Taylor Lapilus. Ainda no card preliminar, o combate feminino contou com o nocaute de Ashlee Evans-Smithm, aos 2m46s em Veronica Macedo.