Após 14 temporadas, Felipe Massa anuncia saída da Fórmula 1

Na manhã desta quinta-feira em Monza, Felipe Massa e Claire Williams convocaram para o inicio da tarde uma conferência de imprensa para não só anunciarem a saída do brasileiro da equipe Williams mas a sua saída da equipe mais alta do automobilismo.

Após 14 temporadas, Felipe Massa anuncia saída da Fórmula 1
Getty Images

A Williams convocou uma coletiva de imprensa na manhã desta quinta (01) para anunciar que Felipe Massa estaria deixando a Fórmula 1 no final desta temporada. Após 14 temporadas na categoria mais alta do automobilismo, contabilizando nada mais nada menos que 242 GPs disputados, 

O brasileiro chegou a mostra-se disposto a continuar por mais um ano na categoria, chegou a conversar com a Williams sobre sua renovação e até com outras equipes, mas parece que mante-lo na equipe não era prioridade da equipe de Grove. Assim Felipe Massa preferiu escolher o seu próprio caminho e encerrar sua carreira na F1 com a equipe Williams, a qual ele está desde 2014. 

O anuncio oficial da decisão tomada por Massa  aconteceu em Monza numa conferência de imprensa, junto de Claire Williams, vice-diretora da equipe Williams.

"Estou mais nervoso agora do que em todas as minha largadas. Depois de 27 anos de carreira no automobilismo, desde que comecei no kart e 15 anos na F1, está será a minha última temporada na categoria ", declarou. 

Felipe Massa - Pódio do GP Brasil 2014. (Foto: Felipe Massa - Pódio do GP Brasil 2014)
Felipe Massa - Pódio do GP Brasil 2014. (Foto: Felipe Massa - Pódio do GP Brasil 2014)

"As oito corridas restante serão as minhas últimas na F1, e vou aproveitá-las ao máximo como de costume"."Quero agradecer de forma especial à minha esposa e ao meu pai, e toda a minha família, além é claro do meu empresário Nicolas e todas as pessoas que me apoiaram durante toda a minha carreira. Estou orgulhoso do que consegui na minha carreira, mesmo tendo perdido um campeonato por apenas um ponto".


"Eu escolhi este lugar (Monza) para anunciar minha saída da F1 não por casualidade, mas porque há dez anos neste mesmo lugar, Michael Schumacher anunciou a sua também, e foi ele que mais influenciou na minha carreira, pois a única maneira de eu ficar na Ferrari era com a aposentadoria dele já que Kimi Raikkonen já tinha assinado um contrato com a equipe. E então Michael decidiu sair, o que consequentemente me garantiu continuar na Ferrari como titular nas próximas temporadas seguintes. Assim dez anos depois, eu decidi anunciar a minha decisão neste mesmo lugar", lemboru o brasileiro.


"Será uma grande honra terminar minha carreira numa equipe tão fantástica como a Williams. Será um dia de muita emoção quando eu finalmente terminar a minha carreira na F1 com o meu GP 250 em Abu Dhabi", concluiu.


Felipe Massa que ao longos desses anos passou por equipes como Sauber, Ferrari e Williams, e conquistou nada mais que 11 vitórias, 16 pole positions e 41 pódios, além é claro de um vice-campeonato em 2008 quando por apenas um ponto não foi o campeão daquela temporada.


Com a saída de Massa e sem jovens promessas brasileiras rumo a F1 em curto e médio prazo, agora todos os olhos se voltam para o brasileiro Felipe Nasr que atualmente corre pela equipe Sauber. Nasr que agora vai entrar na disputa contra Sergio Perez e Jenson Button para conseguir essa vaga na Williams. Lembrando Valtteri Bottas já assinou um contrato com a equipe até 2018.