Conheça Murilo Endres, carreira recheada de títulos e em busca do ouro olímpico

A carreira profissional de Murilo é recheada de títulos, porém ainda falta a conquista da medalha de ouro almejada para o Rio 2016, possível sua última participação em Jogos Olímpicos

Conheça Murilo Endres, carreira recheada de títulos e em busca do ouro olímpico
Foto: ElsaGetty Images

Tudo começou como uma brincadeira de família, em que os tios e sobrinhos se reuniam para jogar uma rodinha de vôlei. Da área livre de casa, para as quadras da escola, pequenas competições e destaques nos campeonatos, em um crescimento gradativo o multicampeão Murilo Endres se firmou na seleção brasileira de vôlei de quadra.

Aos 17 anos o gaúcho de Passo Fundo se mudou para São Paulo, seguindo o passo do irmão Gustavo Endres e em busca de seus sonhos. Após passar por várias peneiras, o ponta se firmou no time do Banespa e trilhou sua carreira campeã desde o juvenil. Hoje, com 35 anos acumula diversos títulos e retêm muita experiência.

Louros e vitórias

Hexacampeão de Liga Mundial, Murilo tem voz dentro do time comandado por Bernardinho, seja para incentivar seus companheiros ou para intimidar os adversários. O jogador com características mais serenas se agiganta em quadra, sobe mais de três metros em cada ataque ou bloqueio. No entanto, o ano de 2013 foi difícil para o atleta que passou por cirurgias no ombro e se afastou da seleção.

Neste ano de 2016, o camisa 8 se apresenta mais confiante para o ciclo olímpico. Vice campeão em Londres, 2012 e Pequim, 2008, o jogador busca conquistar sua inédita medalha de ouro. Depois do trauma da última edição dos Jogos, em que o Brasil abriu dois sets e desperdiçou dois match points, deixando escapar a medalha dourada para Rússia, pelo placar de 3 a 2, o jogador mais valioso daquela edição, Murilo aponta que em casa o Brasil não terá facilidade, mas é um time forte.

Serão oito boas seleções brigando pela medalha, um detalhe fará a diferença para o ouro. As recentes más campanhas como a eliminação precoce da Liga Mundial, evento-teste olímpico e a derrota na final do Pan no ano passado não influenciarão negativamente o preparo para a competição em agosto no Rio de Janeiro. Murilo admira o trabalho e dedicação do comandante Bernardinho e se coloca à disposição da seleção brasileira após uma boa sequência tranquila de jogos pelo SESI-SP na Superliga 2015/2016.

Bicampeão Mundial, em 2006 e 2010 esta primeira ao lado de seu grande amigo e exemplo, o irmão Gustavo Endres, meio de rede eleito melhor bloqueador, Murilo credita seu crescimento a esse ídolo. São várias conquistas em conjunto e em individual, Sul-Americano, Copa dos Campeões (2005 e 2009), Copa do Mundo e Pan-Americano em 2007 no Rio de Janeiro foram apenas algumas do jogador que em 2010 foi eleito o atleta do ano pelo Comitê Olímpico Brasileiro.

Esperança de ouro no Rio

Com tranquilidade nas jogadas bem executadas e concentração para um saque viagem bem efetivo, Murilo espera torna-se campeão olímpico e marcar o nome de família Endres em mais uma Olímpiada, além da edição de Atenas em 2004 conquistada pelo seu irmão. No Rio de Janeiro, o momento será muito especial, pois ao lado da esposa também jogadora de vôlei, Jaqueline, Murilo espera erguer o seu troféu pessoal, o filho Arthur de 2 anos, na hora da execução hino nacional sobre o pódio.