Guia VAVEL da NBA 2015/2016: Portland Trail Blazers
(Foto: Hugo Alves/ Editoria de Arte VAVEL)

Mais uma temporada da NBA se inicia na próxima terça (27), mas só na quarta (28) o Portland Trail Blazers inicia sua campanha, fora de casa, contra o New Orleans Pelicans. E o que esperar desse time que perdeu seu melhor jogador e agora tem um novo líder? Será que as campanhas de playoffs se repetirão? Isso só vamos descobrir no decorrer na temporada, mas aqui podemos descrever um pouco do que pode ocorrer.

- Expectativas para a temporada

A pré-temporada não foi nada agradável para os fãs dos Blazers que viram LaMarcus Aldridge acertar com os Spurs e Ryan Mattews assinar com os Mavericks. Mas, ao menos a jovem estrela da equipe renovou e agora vai ganhar bem mais, porém em uma equipe que não deve brigar pelas primeiras vagas como nos últimos dois anos.

Mas, pelo que mostrou na pré-temporada, pode surpreender e quem sabe brigar até por uma vaga, o que se torna mais complicado por está em uma conferência com mais times postulantes as oito vagas da pós-temporada, e deve acabar com uma nem muito ruim mas também não muito boa. E também ver como Lillard vai se sair como o principal jogador da equipe.

- Como foi a temporada passada?

A temporada 2014/2015 começou avassaladora para o time de Portland, que no incio chegou a brigar pela ponta com os Warriors. Depois, pela segunda colocação com Houston e Clippers, mas com o passar dos meses foi caindo de produção e sofrendo com lesões, e como não tinha um elenco recheado, começou a depender mais ainda de Aldridge e Lillard, que apesar de sobrecarregados, conseguiram manter o time em quinto lugar da conferência.

Só que ao contrário da temporada anterior, quando obtiveram a mesma posição e foram as semis de conferência, o time por pouco não foi varrido e acabou perdendo na primeira rodada por 4 a 1 para o Memphis Grizzlies.

- O craque

Damian Lillard, armador

Foto: Getty Images

Damian Lillard já assumia, e na maioria das vezes não decepcionava, a missão de definir o jogo em favor do Trail Blazers. Mas agora ele terá de assumir a liderança do time num geral, já que Aldridge se mudou para o San Antonio Spurs, e devido a sua personalidade, a confiança é alta em que ele desempenhe bem esse papel e se firme cada vez mais como uma estrela na liga.

Depois de ser eleito melhor novato do ano, de ter um segundo ano participando de todos os eventos do All-Star Weekend e de um terceiro com altos e baixos, agora um ano diferente vem para o armador que tem médias de 21 pontos, 4,6 rebotes e 6,2 assistências.

- Fique de olho

Mason Plumlee, ala-pivô

Foto: Divulgação/Portland Trail Blazers

Depois de seu ano de novato em Brooklyn, Mason Plumlee se mudou para Portland e espera que na “Rip City” consiga atingir seu melhor basquete do que prometia fazer quando ainda estava em Duke e fez ter sido escolhido na primeira rodada. Agora em uma equipe menos pressionada para ir aos playoffs, pode se sentir confortável e surpeender em seu segundo ano de liga. No primeiro, obteve médias de 8,7 pontos, 6,2 rebotes e 0,9 assistências por jogo.

- Arena da equipe

Foto: Divulgação/Rose Garden

O Rose Garden é casa dos Blazers desde 1995 e lá abriga uma das casas mais hostis da liga e torcida mais presentes, mesmo quando o time vive má fase. E isso não deve mudar na temporada que está por vir. Na passada, o time teve apenas nove derrotas em seus domínios e 32 vitórias.

VAVEL Logo