Soco dado em funcionário do Clippers tira Blake Griffin das quadras por cerca de um mês

O ala-pivô e um dos principais nomes do Los Angeles Clippers enfrentará uma nova ausência desta temporada da NBA, mas desta vez por um motivo nada nobre. Depois da derrota fora de casa para o Raptors no domingo (24), o ala-pivô entrou em uma discussão em um restaurante em Toronto com Matias Testi - roupeiro da equipe - que terminou muito mal. Blake Griffin lesionou a mão ao desferir diversos socos em Testi, fraturando um osso de sua mão direita - como atestado em exames posteriores.

Assim que a história se tornou pública o jogador veio a por meio de seu twitter dar uma declaração sobre o assunto.

pic.twitter.com/DCKYHjSgZs

— Blake Griffin (@blakegriffin32) January 27, 2016

Tradução da declaração:

"A situação entre amigos se intensificou, e lamento a forma como lidei com alguém que me preocupo. Eu quero pedir desculpas aos Clippers, meus companheiros de equipe e aos fãs por criar uma distração. Estou trabalhando com a equipe para uma resolução e para voltar a jogar o mais rápido possível".

A nova lesão acontece pouco depois de um curto retorno ao se recuperar da lesão no joelho direito que ganhou como presente no jogo de natal do Christmas Day contra o rival Los Angeles Lakers. Dessa vez Griff sofreu uma fratura espiral no osso do metacarpo, que é conhecida coloquialmente nos Estados Unidos como boxer's fracture - fratura de boxeador - ou bar room fracture -  fratura de bar. O tempo de recuperação do jogador está previsto para 4-6 semanas.

O destempero do craque o fará perder, também, o All-Star Game, para o qual já foi escolhido cinco vezes, participando de todas as edições desde a sua temporada de calouro.

Mesmo com todos os contratempos, Griffin participou de 30 jogos pela sua equipe nesta edição da National Basketball Association, com médias que nada deixam a desejar de 23.2 pontos, 8.7 rebotes e 5 assistências por jogo. 

VAVEL Logo