North Carolina sofre, mas vai ao Final Four do March Madness
(Foto: Reprodução/Twitter)

Foi mais sofrido que o necessário, mas North Carolina contou com um show de Brice Johnson para chegar ao 19º Final Four do March Madness de sua história, com uma boa vitória sobre Notre Dame por 88 a 74, neste domingo (27).

O pivô conseguiu um duplo-duplo com 25 pontos e 12 rebotes, sendo o grande responsável pelo triunfo dos Tar Heels. Já Marcus Paige registrou 13 pontos. Joel Berry II anotou 11 pontos e distribuiu 8 assistências. Por Notre Dame, Demetrius Jackson deixou a quadra pontuando 26 vezes.

“Demorou quatro anos para conseguirmos isso, mas finalmente estamos lá”, disse Johnson sobre a tão sonhada chegada a decisão.

Os primeiros dez minutos de confronto foram equilibrados. A troca constante na liderança era uma marca do encontro. Só que Johnson estava endiabrado. Jogando demais, o pivô liderava NC que foi aos vestiários com 5 pontos de vantagem.

Logo na volta para a segunda etapa, Kennedy Meeks anotou uma cesta para os Tar Heels dilatando ainda mais a dianteira, que estava em 45 a 38. Tudo parecia correr para um final tranquilo para os comandados de Roy Williams.

Só que não foi isso que aconteceu. Com Jackson acertando bolas de todos os pontos da quadra, os irlandeses chegaram a virar o duelo, em 52 a 51. Mas foi a chave que ligou North Carolina novamente. A equipe se concentrou e voltou a imprimir forte ritmo de jogo que os levou ao Final Four, algo que não acontecia desde 2009.

E temos cinderela no Final Four! Syracuse realiza virada sensacional para bater Virginia

“Foi um esforço de equipe inteira e esses caras realmente merecem isso. Vencemos uma grande equipe. Eu nunca estive mais orgulhoso em todos os meus 40 anos como treinador de um time de basquete, como eu sou desta equipe hoje à noite. ”

Pelas palavras do lendário técnico Jim Boeheim, pode se ter noção do grande feito de #10 Syracuse. Com uma virada espetacular, o time bateu a seed #1 Virginia, por 68 a 62, e está de volta a decisão do College Basketball, três anos depois da última vez. É apenas a quarta vez na história que uma seed com dois dígitos chega ao Final Four do March Madness.

O calouro estava impossível!!!

Os Oranges chegaram a estar perdendo por 14 pontos. Mas com uma corrida de 25-4, conseguiram virar um duelo praticamente perdido. Muito graças a espetacular atuação do calouro Malachi Richardson, autor de 23 pontos. Pelos Cavaliers, o destaque ficou por conta de London Perrantes, com 18 pontos.

Pelas palavras de Richardson, o nome do jogo, se tem uma ideia do feito: “este é um sonho para mim”. E o sonho segue viagem para Houston na grande final do March Madness.

CONFIRA COMO FICOU O FINAL FOUR 2016:

2 de abril
19h09 – Villanova x Oklahoma
21h49 – North Carolina x Syracuse

VAVEL Logo