NBA Slam Dunk Contest: tudo o que você precisa saber sobre o desafio de enterradas

Saiba quem participa do torneio em 2018, como funciona e algumas curiosidades

NBA Slam Dunk Contest: tudo o que você precisa saber sobre o desafio de enterradas
O que você precisa saber sobre o NBA Dunk Contest 2018

A noite de sábado é a mais badalada da All-Star Weekend e o concurso de enterradas é o principal evento do dia. A 33ª edição do Dunk Contest acontece neste sábado (17), em Los Angeles, às 23h (de Brasília), e conta com a participação de quatro jogadores: Donovan Mitchell, Dennis Smith Jr, Larry Nance Jr e Victor Oladipo.

Larry Nance Jr é filho de Larry Nance, histórico jogador do Cleveland Cavaliers, primeiro campeão do torneio de enterradas e por trás de sua participação existe grande expectativa. Pelo fato do ala-pivô ter ido para os Cavaliers recentemente, em uma troca que o tirou do Los Angeles Lakers, o jovem jogador tem a missão de mostrar que é tão bom quanto o pai, principalmente agora que veste a camisa do time de Cleveland.

Victor Oladipo participa pela segunda vez do torneio. Vice-campeão em 2015, o ala-armador do Indiana Pacers tenta manter o troféu de campeão em Indianápolis, já que o atual campeão, Glenn Robinson III, também jogador dos Pacers, não poderá participar por estar se recuperando de cirurgia no tornozelo.

Os calouros Donovan Mitchell e Dennis Smith Jr vêm para fazer aquilo que Kobe Bryant e Blake Griffin já fizeram um dia: ganhar o torneio de enterradas em seus anos de estreia na liga. Apesar de nenhum dos dois serem considerados altos, os jovens são muito atléticos e saem muito bem do chão, proporcionando várias enterradas incríveis.

Como funciona?

Cada competidor tem duas tentativas na primeira rodada, com os juízes pontuando as performances em uma escala de 10 pontos. Os dois com as pontuações combinadas mais altas passam à final. Na final, cada um terá mais duas chances e o jogador com maior pontuação combinada na rodada torna-se o campeão.

Nate Robinson: o maior vencedor

Com três títulos, o baixinho Nate Robinson é o maior vencedor do torneio de enterradas. Medindo apenas 1,75 metros, o ex-atleta da NBA surpreendeu a todos com seu impulso, tendo capacidade de pular por cima de jogadores como Dwight Howard. Ao lado de Michael Jordan, Jason Richardson e Zach LaVine, faz parte do seleto grupo que venceu o desafio por dois anos consecutivos. 

A primeira vitória de Nate Robinson no desafio de enterradas aconteceu em 2006, superando Andre Iguodala, Josh Smith e Hakim Warrick. Depois, o jogador venceu em 2009 saltando por cima de Dwight Howard, e em 2010 conquistou o torneio pela última vez superando DeMar DeRozan.

Nate Robinson passou por cima do "Superman" Dwight Howard e conquistou o torneio de enterradas de 2009 (Foto: Getty Images)

Kobe Bryant: o vencedor mais novo

Com apenas 18 anos, Kobe Bryant venceu o torneio de enterradas do All-Star de 1997. O lendário jogador do Los Angeles Lakers ainda estava iniciando sua trajetória na NBA, mas chamou a atenção pela primeira vez ao superar Chris Carr e Michael Finley na decisão. 

Na primeira fase do desafio, Kobe Bryant avançou para a decisão em terceiro lugar com dois pontos a mais que Ray Allen, e atrás de Chris Carr e Michael Finley. Na final, o ala-armador dos Lakers tirou a nota mais alta da noite (contando as duas fases) e venceu o desafio de enterradas pela primeira e única vez na carreira. 

Com 18 anos, Kobe Bryant se tornou o jogador mais jovem a vencer o desafio de enterradas (Foto: Getty Images)

Michael Jordan vs. Dominique Wilkins: a maior decisão de todos os tempos

O desafio de enterradas de 1988 entrou para a história com a melhor final de todos os tempos. Em 1985, Dominique Wilkins venceu Michael Jordan na decisão e, desde então, todos aguardavam a revanche. Por conta de lesões, Jordan não participou no ano seguinte e Wilkins ficou de fora do torneio em 1987, ano em que o lendário jogador do Chicago Bulls venceu pela primeira vez.

Em 1988, enfim, o reencontro. Na primeira rodada, Dominique Wilkins avançou com a maior pontuação, seguido de perto por Michael Jordan, Clyde Drexler e Otis Smith. Na semifinal, Jordan teve a maior pontuação, incluindo uma nota máxima e defenderia o título contra Wilkins. 

Na primeira rodada da grande final, Michael Jordan e Dominique Wilkins tiraram a nota máxima. Na segunda rodada, Wilkins repetiu os 50 pontos e Jordan ficou apenas com 47. Porém, na última rodada, Wilkins somou 45 pontos e Jordan precisaria de um salto praticamente perfeito para levar o título. O maior jogador de todos os tempos surpreendeu ao saltar da entrada da zona pintada do garrafão, com as pernas abertas e o braço esticado, e conseguiu a maior pontuação para se consagrar o vencedor de uma batalha histórica.