Buscando investidores, Caxias do Sul Basquete quer volta da equipe feminina em torneios nacionais

Com apoio de investidores, clube espera voltar a ter equipe feminina e disputar competições de alto nível em futuro próximo; saiba como ajudar

Buscando investidores, Caxias do Sul Basquete quer volta da equipe feminina em torneios nacionais
(Foto: Gabriel Lain/Caxias do Sul Basquete)

Tempos difíceis perseguem o basquete brasileiro há alguns anos. No Rio Grande do Sul, a situação se mostra mais complicada ainda, pois o estado tem apenas um time masculino na principal competição nacional, o Novo Basquete Brasil (NBB). O Caxias do Sul Basquete, localizado na principal cidade da serra gaúcha, vem conseguindo se manter há três anos no torneio, um grande passo dado pela equipe. No entanto, o time caxiense busca dar passadas maiores e representar uma equipe feminina de basquete adulto no estado, após mais de dez anos sem representação no estado.

O objetivo é buscar recursos para a formação de um time feminino da modalidade para disputar a Liga de Basquete Feminino, que equivale ao NBB. De acordo com a representante que encabeça o projeto do time, Audrin Sirtoli, começou neste ano a busca por recursos financeiros e estruturais. “A ideia a longo prazo é criar toda a estrutura de categorias de base para o feminino, formando atletas para o time principal, mas, principalmente, propagar os ideais e aprendizados que um esporte coletivo pode trazer na formação das jovens”, destacou.

A representante salientou, entretanto, que a parceria com Caxias do Sul Basquete é somente levar o nome da equipe nas competições, sem nenhum patrocínio vinculado. Sobre valores ainda não há nada oficial. Contudo, Audrin revelou um orçamento feito para seis meses de trabalho. Em média, os custos mensais chegariam ao valor de cem mil reais. “O cálculo que fizemos envolve salário, moradia e alimentação das atletas, além de equipamentos, uniformes e outros materiais que o time precisa”.

No que diz respeito ao elenco, caso a parceria se concretize, o Caxias do Sul Basquete terá uma equipe bem jovem, priorizando meninas do Rio Grande do Sul, mas existe a possibilidade de atletas mais experientes serem contratadas. “Vamos trazer algumas jogadoras de fora, no mínimo umas cinco, por questão de experiência e para dar mais ritmo ao grupo”, afirmou Audrin.

Na comissão técnica ainda não há nomes definidos. Já aconteceram conversas com alguns, mas como não há definições, não foi possível fechar para acertar o segmento do projeto. “Estamos em andamento para definir o quanto antes”.

Para maiores informações ou para ajudar a alavancar os recursos do Caxias do Sul Basquete por meio de patrocínios, o contato pode ser feito pelos e-mails:

Audrin Sirtoli: / [email protected]

Willian Quevedo: / [email protected]

 

Basquete