Uruguai enfrenta Costa Rica em Fortaleza com Suárez em dúvida

Neste sábado (14), Uruguai e Costa Rica ena Copa do Mundo. O confronto ocorre no Estádio Castelão, em Fortaleza, às 16h no horário de Brasília. Presentes no grupo que também contém as favoritas Itália e Inglaterra, as duas seleções precisam da vitória na primeira rodada para facilitar a missão da classificação.

Contando com o apoio da torcida brasileira que lotou os treinamentos abertos, a Seleção Uruguaia, apesar de passar por crise nos últimos anos, chega com a boa campanha da última Copa do Mundo. Durante a semana, Diego Lugano, jogador mais experiente do grupo de Oscar Tabárez, revelou que espera um campanha ainda melhor que a que aconteceu na África do Sul.

Os uruguaios chegaram a Fortaleza ainda nesta quinta-feira (12) e foram recebidos no hotel com festa por seus torcedores, que não pararam de cantar o nome dos selecionáveis. No aeroporto, no entanto, a Celeste foi recebida com calmaria e sigilo, tanto que passaram despercebidos pela maioria dos presentes.

A Costa Rica não esconde o papel de azarã no grupo. Única seleção do grupo que ainda não conquistou uma Copa do Mundo, o treinador costarriquenho falou sobre a situação em entrevista: "Nós respeitamos Inglaterra, Itália e Uruguai, mas eles precisam saber que também sabemos jogar futebol", disse Jorge Luis Pinto.

Desfalques preocupam o Uruguai

A seleção uruguaia vive um drama quanto à lesões. Ainda se recuperando de cirurgia no joelho, Luis Suárez não tem data para voltar aos gramados. A equipe médica do Uruguai oculta da imprensa e despista todas as informações. Luisito pode até mesmo jogar contra a Costa Rica, mas ainda assim é pouco provável que o destaque do Liverpool na última temporada esteja em campo.

Ainda no ataque, Oscar Tabárez enfrentou problemas com o ataque Diego Forlán, de 35 anos. O experiente jogador sofreu um "mal-estar digestivo" e ficou fora de uma série de treinos durante a semana, mas já recuperado, voltou aos treinamentos com o grupo no dia seguinte. 

Outro jogador experiente que assustou foi Diego Lugano. Nesta quinta-feira (12), o zagueiro, que também é capitão da equipe, não participou dos treinos durantes a manhã por conta de uma sobrecarga muscular. Todavia, durante à tarde, Lugano treinou normalmente e deve estar na partida contra a Costa Rica.

Sem medo, Costa Rica espera surpreender 

O treinador da Seleção Costariquenha nunca escondeu o papel de azarã da equipe que treina. No entanto, também disse que isso não assusta a ele e seus comandados: "Nós vamos jogar sem medo. Vamos enfrentar três seleções campeãs do mundo e podemos causar dificuldades para elas. Nós temos muita motivação e alegria", disse.

Bryan Ruíz, principal jogador da Costa Rica, deve ser a principal fonte de ataque da equipe. O jogador de 28 anos, que atua no PSV, é o capitão da seleção, além de ser o melhor jogador de uma seleção que já contou com jogadores conhecidos no cenário mundial, como o ídolo Paulo Wanchope.

Em coletiva de imprensa, o auxiliar técnico Luiz Antonio Martín revelou que a equipe para a estreia já está definida, mas que não revelaria os escolhidos: "Não há dúvida na equipe. Está muito claro para os jogadores e para a comissão técnica qual será o time titular. Esperamos terminar bem o treinamento lá em Fortaleza", afirmou

VAVEL Logo