Confiante, Bentaleb afirma: "Alemanha é grande, mas também somos capazes"

A tarefa da Argélia nas oitavas-de-final da Copa do Mundo não é das mais fáceis, porém, para eles, também está longe de ser impossível. Na segunda-feira, os africanos, que pela primeira vez avançaram da primeira fase do mundial, enfrentam a Alemanha, seleção três vezes campeã mundial. 

Durante entrevista coletiva na zona mista, antes do início do treino na manhã deste sábado (28), no Centro de Treinamento de Sorocaba, o meia argelino Nabil Bentaleb reconheceu a grandiosidade dos alemães em campo, porém frisou que a equipe está confiante para o confronto.

"Sabemos que teremos que trabalhar muito para ter um bom resultado. Que será bem difícil. A gente tem que acreditar nas chances, porque se nós não acreditarmos, quem irá acreditar na gente? Nós vamos lutar para ganhar da Alemanha, que é uma equipe grande, mas também somos capazes", frisou o atleta.

Para o duelo, os jogadores argelinos depositam suas esperanças na edição de 1982 da Copa do Mundo, quando venceram a seleção da Alemanha no primeiro confronto da primeira fase. Porém, garantem que entrarão em campo sem sentimento de vingança, já que na mesma edição do mundial, a Argélia acabou desclassificada por conta de uma combinação de resultados entre a própria Alemanha e a Áustria, em partida válida pelo último confronto do grupo.

Após vencer a Alemanha, a Argélia perdeu para a Áustria e venceu o Chile. Para avançar, dependia do resultado do duelo entre os alemães e austríacos. Uma vitória da Alemanha por um gol de diferença classificaria os dois e foi justamente o que aconteceu. A Áustria avançou e Argélia foi desclassificada. O episódio ficou conhecido como "Vergonha de Gijón", uma referência à cidade espanhola onde aconteceu a "marmelada", de acordo com os argelinos.

"Queremos ganhar da Alemanha, como aconteceu em 82, mas o que aconteceu depois desse jogo ficou em 82. Não entraremos em campo com sentimento de vingança. Hoje é outra oportunidade, outro jogo. Nós já estamos nas oitavas de final e isso é outra coisa", fez questão de deixar claro o atacante argelino Islam Slimani.

A Argélia deve deixar definitivamente a cidade de Sorocaba, onde ficou hospedada desde o início da Copa, neste sábado (28), quando embarca rumo a Porto Alegre. Na segunda-feira (30), às 17h, enfrenta a Alemanha no Beira-Rio, estádio que foi palco do segundo confronto dos argelinos pelo Grupo H na Copa, quando venceu a Coreia do Sul, por 4 a 2.

VAVEL Logo