Técnico da Costa Rica dispara contra arbitragem após derrota nos pênaltis

Nem a campanha sensacional da Costa Rica deixa o comandante da seleção mais tranquilo. Ao fim da partida contra a Holanda, o treinador colombiano Jorge Luis Pinto atacou a arbitragem do uzbeque Ravshan Irmatov.

Segundo Pinto, o árbitro não marcou das penalidades claras durante a partida para a Costa Rica: "Nós tivemos um pênalti muito claro contra a Itália, mas não marcaram. Contra a Grécia, tivemos outro, não marcaram. E hoje, a mesma coisa. Para não dizer que não foram dois", disparou.

O treinador ainda foi mais longe, e criticou a arbitragem da Copa do Mundo de forma geral e pediu providências à Fifa para outras edições.

"A arbitragem mais uma vez não foi bem hoje, mas durante todo o Mundial não tem sido boa. Tenho certeza que muitos vão concordar comigo. Muitos erros graves aconteceram, e isso não pode se repetir. A Fifa deveria analisar essa questão com urgência", disse.

O lance que Pinto mais reclamou aconteceu na prorrogação, quando Umaña caiu na área após lance com Vlaar, e o árbitro mandou o jogo seguir.

Resta aos costarriquenhos voltar para casa com a melhor campanha da história, com a melhor defesa e sem perder partidas no tempo normal. Saldo totalmente positivo.

VAVEL Logo