Augsburg arranca empate frente ao Bayer Leverkusen com gol de goleiro no último minuto
Foto: Divulgação/Augsburg

Neste sábado (21), Augsburg e Bayer Leverkusen protagonizaram um jogo eletrizante na SGL-Arena, pela 22ª rodada da Bundesliga 2014/2015. O placar de 2 a 2 foi prejudicial às duas equipes, que perderam a oportunidade de subir na tabela de classificação do campeonato.

A sensação do jogo foi o goleiro Marwin Hitz, que marcou o gol de empate dos donos da casa no último minuto. Josip Drmic e Stefan Reinertz anotaram os gols dos Aspirinas, e o outro gol dos mandantes teve como autor o atacante brasileiro Caiuby, ex-São Paulo e Corinthians.

De olho nas vagas para a Champions League, os Fuggerstädter e os Leverkusener permaneceram em suas respectivas posições: quinto e sexto lugares.

Enquanto os comandados de Markus Weinzierl foram a 35 pontos - mesma pontuação do Schalke 04, que o supera no saldo de gols -, o time de Roger Schmidt vem logo atrás, com 33.

O FCA volta a campo no próximo sábado (28), quando visita o desesperado Hertha Berlin no Estádio Olímpico de Berlim, às 11h30m de Brasília. Nos mesmos dia e horário, o B04 recebe o Freiburg, outro integrante da parte de baixo da tabela.

Leverkusen larga em vantagem no primeiro tempo

Os visitantes não se intimidaram com a pressão da torcida local. Partiram para cima desde o início do embate e saíram na frente logo aos oito minutos, momento em que Drmic recebeu passe primoroso na área e precisou arriscar duas vezes para vencer o arqueiro oponente.

O prejuízo no marcador deixou o Augsburg afobado. Mesmo tendo a bola nos pés por mais tempo, a equipe priorizava as bolas alçadas à área ao invés de jogadas pelo chão e acabava esbarrando no bom posicionamento e na forte marcação adversária.

Animado com a vantagem na contagem de gols, o Leverkusen criou mais chances perigosas, sempre apostando em rápidos contragolpes. Bellarabi parou no goleiro Hitz aos 11 e aos 22 minutos. Son Heung-Min e Drmic foram outros a arriscar. Ambos mandaram a pelota pela linha de fundo.

A melhor oportunidade dos anfitriões veio dos pés do atacante argentino Raúl Bobadilla, que viu sua tentativa passar a centímetros da trave direita. Ao término do primeiro tempo, a vantagem no placar era do Bayer, pela contagem mínima.

Goleiro do Augsburg evita derrota com gol no último lance da partida e se consagra

A segunda etapa reservou melhores momentos ao Augsburg. A entrada do brasileiro Caiuby, contratado junto ao Ingolstadt, da segunda divisão, no ano passado, deu "novo gás" ao time - ele também já defendeu outros dois clubes alemães: Wolfsburg e Duisburg. E foi justamente o atacante o responsável pelo empate dos mandantes. Ele aproveitou falha do compatriota Wendell e fez 1 a 1.

O gol animou o FCA, que passou a pressionar e exigir defesas providenciais do goleiro Leno. Bobadilla e Werner eram os jogadores que mais infernizavam a zaga dos Aspirinas.

Já na reta final da partida, os donos da casa tornaram-se vítimas do ditado "Quem não faz, leva". Aos 39, o volante Reinertz arriscou de longe e contou com um desvio de Klavan para recolocar o Bayer Leverkusen em vantagem.

Sem ter qualquer outra alternativa, os anfitriões partiram desesperadamente rumo ao campo de ataque. Devido a essas investidas, acabavam cedendo espaços. Em um desses descuidos, Kiessling quase liquidou a fatura para o time visitante. Contudo, parou em Hitz. O castigo viria minutos mais tarde.

Um escanteio no último minuto, em um momento de placar adverso, é sempre visto pelos goleiros como uma oportunidade para se consagrar. O jovem Marwin Hitz (27), que conquistara a vaga do experiente Alexander Manninger (37), foi para a área. A bola foi afastada pela defesa adversária. Após bate-rebate, o arqueiro aproveitou a sobra e, num lance à centroavante, igualou as forças no marcador, deu números finais à peleja e tornou-se o herói do dia, apesar de o resultado final não ter sido o ideal para as pretensões do Augsburg.

Confira o gol antológico do goleiro Marwin Hitz:

VAVEL Logo