Goleadas marcam campanha do Bayern de Munique na DFB-Pokal 2013/14
Mandzukic comemorando com Götze um dos gols da goleada sobre o Hamburgo, nas quartas-de-final (Foto: Divulgação/FC Bayern)

Bayern de Munique e Borussia Dortmund se enfrentam neste sábado (17), na decisão da DFB-Pokal da temporada 2013/14. O time bávaro, após conquistar a Bundesliga no final de março e ser eliminado nas semifinais da Uefa Champions League pelo Real Madrid, busca o seu segundo título na temporada, para esquecer a eliminação pelo time merengue.

O time comandado por Pep Guardiola teve uma campanha tranquila na DFB-Pokal 2013/14: Foram cinco jogos, com cinco vitórias. Sendo que, em quatro desses jogos, o Bayern goleaou por quatro ou mais gols de diferença, mostrando claramente a sua superioridade dentro do futebol Alemão.

Estreia com goleada sobre o BSV Rehden: 5 a 0

O Bayern de Munique estreou na Pokal contra o modesto BSV Rehden, da Regionalliga Nord, equivalente à quarta divisão do futebol alemão. Foi a estreia de Pep Guardiola na competição. Os bávaros não tomaram conhecimento da equipe e golearam por 5 a 0. Shaqiri, aos 18 minutos abriu o placar, após bela assistência de Mario Götze. Depois, aos 45, veio o segundo com Thomas Müller, após lançamento de Schweinsteiger, que deixou o alemão na cara do gol.

Thomas Müller foi responsável por mais dois gols na partida, aos 59, de pênalti, e aos 64, após passe de Mandzukic. O holandês Robben, aos 88, fechava o placar em Rehden, classificando o Bayern para a terceira fase da DFB-Pokal.

Na fase seguinte, vitória tranquila sobre o Hannover

No confronto seguinte, o Bayern estreou em casa, enfrentando o Hannover 96, da 1. Bundesliga e venceu por 4 a 1. Pep Guardiola, porém, escalou time misto para a partida. Thomas Müller abriu o placar, aos 17 minutos, após bom cruzamento de Alaba. Cláudio Pizarro marcou o segundo, depois do rebote do chute de Robben, que Zieler não conseguiu encaixar.

O Hannover diminuiu com Didier Ya Konan, ainda no primeiro tempo, aos 37, deixando a partida mais movimentada no segundo tempo. O terceiro gol do Bayern saiu aos 64 minutos, com Thomas Müller novamente, que aproveitou bom lançamento de Ribery. O Bayern de Munique fechou o placar aos 78 minutos com o francês, que fez jogada individual e chutou cruzado, marcando o quarto gol e classificando o Bayern para as oitavas-de-final.

Duelo difícil contra o Augsburg e vitória simples

Nas oitavas, o adversário foi o FC Augsburg, também da 1. Bundesliga e, mesmo jogando fora de casa, o Bayern venceu por 2 a 0. Apesar do resultado, o Bayern encontrou dificuldades jogando no Mage Solar Stadion. O primeiro gol do jogo saiu logo aos quatro minutos, com Robben que, em jogada individual, cortou o zagueiro do time da casa e abriu o placar em Augsburg.

O Augsburg teve chances de marcar ao longo do jogo, porém, Manuel Neuer garantiu a mete invicta dos bávaros. O gol da vitória do Bayern veio somente aos 78 minutos, com Thomas Müller. O artilheiro da DFB-Pokal recebeu de Schweinsteiger na entrada da área e chutou no canto de Hitz, sacramentando a vitória dos bávaros e, também, a classificação para as quartas-de-final.

Vitória fácil sobre um Hamburgo em crise

Para esta fase, o Bayern encarou o Hamburgo, na Imtech Arena. O time hamburguês, na época comandado por Bert van Maarwijk e vivendo grase crise técnica e financeira, não demosntrou perigo ao bayern, que venceu por 5 a 0.

A partida começou morna, com o Bayern tendo a maior posse de bola. Até que aos 20 minutos, Götze fez jogada individual pela esquerda e cruzou rasteiro para Mandzukic, que livre, apenas empurrou pro fundo das redes para abrir o placar para os Bávaros.

Aos 25, o Bayern amplia. Após escanteio batido por Toni Kroos, Dante se antecipa à Westermann e cabeceia pro gol, a bola ainda bate em Calhanoglu antes de entrar. O Bayern ampliava o jogo e praticamente sacramentou a vitória. No segundo tempo, o Bayern chegou aos 3 a 0 aos 53 minutos, após um belo lançamento de Thiago Alcântara, do meio campo, que encontrou Robben entrando na área. O holandês dominou e fuzilou o goleiro Rene Adler, que nada pode fazer.

E o Bayern não teve dó do Hamburgo. Aos 74 minutos, Götze faz bela jogada e cruza para Mandzukic fazer 4 a 0. No lance seguinte, aos 76, Alaba bate falta e cruza pra área, a zaga do Hamburgo afastou mal e novamente ele, Mandzukic, pega a sobra e marca o terceiro gol dele na partida, o quinto dos bávaros.

Nova goleada, agora sobre o Kaiserslautern e vaga na final garantida

O Bayern de Munique garantiu a sua classificação na final da DFB-Pokal aplicando uma goleada por de 5 a 1 no Kaiserslautern, da 2. Bundesliga. Diante da sua torcida, o clube de Munique precisava se redimir das duas derrotas seguidas que sofreu na Bundesliga (1 a 0 para o Augsburg e 3 a 0 para o Borussia Dortmund). O título da Bundesliga já estava garantido com sete rodadas de antecedência, mas as falhas defensivas apresentadas recentemente deixaram o técnico Pep Guardiola preocupado.

O time bávaro saiu na frente aos 23 minutos de jogo, quando Bastian Schweinsteiger cabeceou para as redes em cobrança de escanteio do holandês Arjen Robben. O holandês voltou a marcar aos 32, quando fez grande jogada pela direita, driblando três adversários, antes de rolar para Toni Kroos ampliar com uma bomba da entrada da área.

O holandês estava impossível e também teve participação direta no terceiro gol, quando foi derrubado na área aos 4 do segundo tempo. O juiz marcou e Thomas Muller cobrou com categoria para fazer 3 a 0. Simon Zoller descontou de cabeça para os visitantes aos 15, mas o croata Mario Mandzukic anotou o quarto do Bayern aos 33, após um lançamento de Götze. Mario Götze fechou a goleada nos acréscimos, aproveitando um lindo passe de calcanhar do francês Franck Ribéry.

VAVEL Logo