Após críticas, Arséne Wenger prega respeito em relação com José Mourinho

O histórico recente de confusões entre Wenger e Mourinho ganhou mais um capítulo nesta sexta-feira. Após ter seu estilo de jogo criticado por seus adversários, onde chamaram de chato, Mourinho não se conteve e falou: "chato é não ganhar título há dez anos."

Interrogado sobre a declaração do rival, Wenger preferiu acabar com a polêmica com um discurso de respeito, porém não deixou de cutucar o português: "O mais importante entre os treinadores é respeitarem-se. Alguns têm de melhorar nesse aspecto. Todos nós vivemos com os nossos problemas interiores, eu vivo com os meus", disse o treinador. 

Ainda com um discurso de paz, Wenger completou: "Enfrentamos alguns incidentes com outros treinadores às vezes . As coisas em certas ocasiões aquecem um pouco quando há confrontos diretos, mas acredito que o tempo cura tudo e o importante, por isso, é respeitar todos."

No último domingo, Arsenal e Chelsea empataram por 0x0, o resultado deixou o Arsenal na terceira colocação na tabela e praticamente sem chances de título. Mesmo assim, Wenger destacou a vontade e crescimento de sua equipe ao longo dos últimos jogos. "Enfrentamos um grande desafio. O Chelsea não baixou o nível e não permitiu que os alcançássemos, mas sinto que evoluímos como equipe", finalizou o treinador.

Na próxima rodada, o Chelsea recebe o Crystal Palace, caso consigam a vitória, os comandados de Mourinho conquistarão de forma antecipada o título da Premier League.

Já o Arsenal visitará o Hull City, o time de Wenger precisa da vitória para se manter firma na briga pela vaga direta na fase de grupos da próxima edição da Champions League. 

VAVEL Logo