Torres volta a marcar e garante empate do Atlético de Madrid ante Levante

Atlético de Madrid e Levante empataram em dois gols na manhã deste domingo (10) pela 36ª rodada da La Liga. O resultado manteve o tabu de Diego Simeone de nunca ter ganhado no Ciutat de Valencia.

Os gols foram marcados por Barral e Guilherme Siqueira, no primeiro tempo e Uche e Torres no segundo. Este, saindo do banco de reservas e marcando mais um gol decisivo no final.

O jogo foi equilibrado, com o Atleti tendo mais a bola. O que geralmente significa que o time não vai tão bem. E foi exatamente isso que aconteceu. A imprecisão no ataque e falhas defensivos definiram o jogo.

Com o resultado, o Atleti permanece na 3ª posição da Liga, com 77 pontos, 4 a mais do que o Valencia. A equipe depende só de si pra se garantir diretamente na fase de grupos da próxima Uefa Champions League e joga contra o Barcelona no Vicente Calderón na próxima semana, se a rodada realmente acontecer.

Já o Levante, com o ponto ganho, vai a 36 pontos, abrindo 5 da zona de rebaixamento e praticamente se garante na Primeira divisão. A equipe fará um confronto direto contra o Deportivo la Coruña na próxima rodada.

Atleti com a bola e Levante criando mais

Em um primeiro tempo em que o Atlético de Madrid teve o controle da posse de bola, com 62% e chutou quase o dobro de vezes, o empate ainda prevaleceu. O 1 a 1 não justificou a produação das equipes.

A primeira chance mais clara foi de Mandzukic aos 10 minutos. Guilherme Siqueira fez a ultrapassagem e cruzou para o centroavante croata cabecear, Mariño defendeu. E esta foi a única chegada de mais perigo conchonera, até o gol mais tarde.

Nos minutos seguintes o Levante conseguiu ser melhor e até chegar algumas vezes. Aos 22, Morales recebeu dento da área, mas quando foi arrumar para  a finalização, Juanfran cortou, jogando a bola para escanteio. Aos 23, Morales de novo criou perigo. Cabeceou de fora da área, mas Oblak defendeu.

Aos 32 minutos, o placar foi aberto. Miranda afastou mal, Iván López cruzou de primeira e Barral completou para o gol. Mas pouco tempo depois o Atleti empatou. Em um rebote pela esquerda, Tiago cruzou para Guilherme Siqueira, posicionado como centroavante, empatar o jogo. E o 1 a 1 foi o placar do intervalo.

Torres decisivo novamente

No segundo tempo, o Levante voltou criando chances e se aproximando do segundo gol. Em um contra ataque aos 6 minutos, Morales saiu mano a mano com Miranda, mas o zagueiro cortou bem e evitou o pior. Na sequência, Uche tentou de cabeça, e Oblak defendeu novamente. Os colchoneros não se encontravam no ataque. Os seguidos impedimentos e bolas perdidas fizeram com que Simeone tirasse Mandzukic de campo. Torres entrou. 

3 minutos após a substituição, Iván López cruzou, a bola passou por toda a área e sobrou para Uche finalizar de primeira. Oblak defendeu e a bola rebateu em Uche, terminando no funda do gol. O Levante estava na frente do placar novamente.

A imprecisão no ataque rojiblanco continuava. Muitas bolas perdidas e nem a bola parada estava funcionando. Isso permaneceu até os 35 minutos  da segunda etapa. Escanteio pela esquerda e Koke posicionado. Após a cobrança, Torres antecipa o goleiro e empata novamente o jogo. 2 a 2.

O Atlético até foi para cima depois do empate, mas a imprecisão continuava. O mais próximo da virada foi um giro de Giménez, após mais um escanteio, mas Mariño fez boa defesa.

VAVEL Logo