Emelec encara Tigres no jogo de abertura das quartas de final da Libertadores
Foto: Divulgação/ Emelec E.C

Nesta terça-feira (19), o Emelec enfrenta o Tigres, às 22h00min (horário de Brasília), no Estádio Jocay, na cidade de Manta, no Equador. A partida é válida pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores da América 2015.

O Emelec chegou às quartas de final da Libertadores após conquistar a vaga contra o Atlético Nacional-COL, fora de casa. A equipe do Equador venceu o primeiro confronto, se valendo da força de sua torcida, por 2 a 0, mas não conseguiu evitar a derrota no jogo de volta. Mas a derrota por um placar magro manteve a classificação da equipe equatoriana na competição, que passou na 2ª posição do Grupo 4.

O Tigres, por outro lado, foi a primeira a equipe a conquistar uma vaga nas quartas de final da Libertadores, sendo a segunda melhor equipe na primeira fase, ficando atrás apenas do Boca Juniors. A conquista da vaga da fase atual surgiu na partida contra o Universitário Sucre. A equipe mexicana jogou mal, mas teve boa oportunidade, não desperdiçando e conseguindo um empate. O resultado foi suficiente para a classificação para a rodada.

Contra o Tigres, Emelec apostará em jogo ofensivo

Para chegar as quartas de final da Libertadores, o caminho percorrido pelo Emelec não foi tão fácil. Na primeira partida, contra o Atlético Nacional –COL, a equipe do Equador conseguiu arrancar uma vitória por 2 a 0. Contudo, no jogo de volta, restou claro que para a equipe comandada pelo técnico Omar De Felippe estava satisfeita com o resultado e que apenas se defenderiam na partida. O time colombiano até conseguiu uma vitória, mas que não foi suficiente para garantir a vaga, nem ao menos para chegar às penalidades máximas.

Para a partida, o técnico Omar terá como opções para escalação o goleiro Dreer. Além disso, no campo de defesa, poderá constar com Achiler e Guaga, enquanto que pelas laterais, atuando em velocidade, terá à disposição Narvaez e Bagui.

A duvida fica na escalação ou não de Lastra ou Burbano. Por outro lado, os jogadores Gaibor e Mondaini dão movimentação ao meio de campo, o que possibilita um ataque mais preciso e rápido dos donos da casa.Já no campo de ataque, o técnico terá como opção o atacante Mena, que tem feito boas partidas e é um dos destaques do time do Equador.

Outra aposta do técnico será Miller Bolaños, que é um dos artilheiros da Copa Libertadores, com 5 gols marcados e vestindo a camisa do Emelec, o atacante vem sendo decisivo e é um dos principais nomes e responsáveis por trazer a equipe de Guayaquil às quartas de final da competição. 

Após a conquista da classifcação, o técnico falou sobre a atuação do elenco e pediu cautela, "Acredito que algo aconteceu conosco. Eu também estava esperando muito mais do Emelec. Continuamos na Libertadores e, agora, será preciso melhorar nosso futebol”, alertou, "Sabemos que o Tigres é uma excelente equipe, mas temos que impor nosso jogo. Assim como nas oitavas, temos que tentar vencer o primeiro jogo e de preferência sem levar gols. Será um duelo de igual pra igual'', finalizou o treinador.

Favorito na rodada, Tigres abre as quartas de final contra o Emelec

Os mexicanos conseguiram bons resultados na primeira fase. Atrás apenas do Boca Junior, o Tigres foi líder do Grupo 6 com 14 pontos ganhos. Foram quatro vitórias e dois empates em seis partidas. Nas oitavas, tiveram certa dificuldade para eliminar Universitário Sucre, sendo que na ida, na Bolívia, venceram por 2 a 1. E na volta arrancaram um empate sofrido por 1 a 1 e garantiram a classificação.

Para o confronto, a equipe mexicana é a favorita para seguir na competição. Com ataque formado por Guerrón e Rafael Sóbis, o time é uma das surpresas da Libertadores. Com o campo de ataque eficiente, a formação deverá ser voltada às jogadas de velocidade pelo meio de campo, explorando principalmente a ótima fase de Rafael Sóbis, que já marcou três gols com a camisa dos mexicanos.

A equipe comandada pelo técnico Ricardo Ferrati poderá contar com um meio de campo montado com Gerardo Lugo e ainda auxiliado por Arévalo e Pizarro. Vazquez poderá ser uma opção para o segundo tempo de partida. Com esta formação a equipe ganha força no meio de campo e qualidade no toque de bola até o campo de ataque, levando perigo à meta do goleiro do time equatoriano. 

Para o técnico Ricardo Ferretti, a equipe do Tigres terá pela frente uma dura partida, fora de casa, mas acredita que a experiência de sua equipe será determinante. ''Temos um elenco acostumado a esse tipo de decisão. Teremos uma partida dificílima fora de casa e eles são muito fortes jogando em seu estádio, por isso temos que entrar atentos para não sermos surpreendidos e levarmos a decisão para junto do nosso torcedor'', finalizou o treinador.

VAVEL Logo