Tigres recebe Emelec precisando vencer por dois gols de diferença para ir à semifinal da Libertadores
(Foto: Divulgação/Conmebol)

Pelo segundo jogo das quartas de final da Copa Libertadores 2015, o Tigres-MEX tem a dura missão de bater o Emelec do Equador por dois gols para avançar a fase semifinal do maior torneio sul-americano entre clubes, fato inédito na história do clube mexicano. No primeiro confronto, o time de Guayaquil venceu por 1 a 0 e joga pelo empate para se classificar para a próxima fase da competição.

Em caso de gol do time visitante, a situação dos donos da casa fica ainda pior, pois teria que fazer três para buscar a classificação, já que não marcou nenhum gol na casa do adversário. A torcida mexicana, no entanto, acredita que o Tigres pode reverter a situação e promete grande festa em seu estádio para empurrar o clube rumo a vitória.

O vencedor do confronto encara Santa Fé-COL ou Internacional. No primeiro jogo, o time colombiano venceu por 1 a 0 com um gol aos 47 minutos do segundo tempo, e joga pelo empate no Beira-Rio para ir às semifinais.

Tigres confia em sua dupla de ataque para conseguir os gols que precisa para se classificar

Juntos, Rafael Sóbis e Guerrón marcaram 7 gols dos 19 do Tigres na competição. Nada melhor do que dois jogadores experientes e já campeões da Libertadores para assumir a responsabilidade em um momento decisivo. Esse é o pensamento da Comissão técnica do Tigres, que precisa de pelo menos dois gols, caso não tome nenhum para avançar de fase.

''Sabemos da nossa responsabilidade e faremos de tudo para sair de campo com a classificação. Lutamos muito para chegar até aqui e não pretendemos desistir tão fácil. O Emelec tem uma equipe muito qualificada, mas estamos na nossa casa e temos que nos impôr'', ressaltou o treinador da equipe mexicana, Ricardo Ferretti, brasileiro naturalizado mexicano.

Depois da fraca atuação diante do Emelec em Guayaquil na partida de ida, o Tigres espera reencontrar seu bom futebol que o levou a ser uma das equipes de melhor campanha na primeira fase da competição.

Emelec arma ferrolho para segurar ataque do Tigres e avançar a semifinal da Libertadores

Depois de vencer por 1 a 0 em casa no primeiro jogo das quartas de finall, a estratégia da equipe equatoriana é uma só: Priorizar a marcação e o setor defensivo e jogar por um contra ataque para tentar matar o jogo. Caso consiga um gol na casa do adversário, o Emelec obriga o Tigres a fazer três e dificulta ainda mais a missão de seu oponente.

O centroavante Bolaños está entre os artilheiros da competição e briga com Gustavo Bou, do Racing, pelo posto. Autor do gol que deu a vitória ao Emelec na primeira partida, o atleta se diz entusiasmado com seu bom momento e a chance de chegar a uma semifinal de Libertadores: ''Tudo vem dando certo, tenho podido ajudar o clube e dar alegrias a nossa torcida. Espero poder fazer mais gols e levar o Emelec adiante na competição'', disse ele.

Nas oitavas de final, o Emelec eliminou o Atlético Nacional de Medellín, da Colômbia, vencendo por 2 a 0 o primeiro jogo em casa e perdendo por 1 a 0 na volta. Da mesma forma, o time equatoriano conseguiu a vantagem, mesmo que mínima, na primeira partida, e deve jogar com o regulamento debaixo do braço para dar mais um passo rumo ao sonho da América.

VAVEL Logo