Lanús goleia Nueva Chicago com homenagem a zagueiro Diego Barisone e avança na Copa Argentina
Foto: VAVEL

Pela Copa Argentina, em partida disputada na tarde desta quinta-feira no "El Palacio", estádio do Huracán, o Lanús não teve dificuldades e passou pelo Nueva Chicago por 3 a 0. Os gols foram anotados por Gustavo Gómez, em duas oportunidades, e Sérgio González. Como o sistema adota uma partida única, a equipe comandada por Guillermo Barros Schelotto garantiu classificação para as oitavas de final e aguarda o vencedor do duelo entre Independiente e Deportivo Espanol - que ocorre amanhã - para conhecer o próximo adversário na competição.

A partida foi a primeira que os lanusenses fizeram após a morte do zagueiro Diego Barisone, envolvido em um acidente automobilístico no dia 28 de julho (o jogo contra o San Martín, inicialmente previsto para o último final de semana, foi adiado para o dia 11 deste mês em função da fatalidade). Em lembrança ao defensor, o onze inicial granata, antes do cotejo, levantou uma faixa com os seguintes dizeres: "Bari: te fostes, mas nunca te esqueceremos". Autor de dois tentos, Gómez comemorou erguendo a camisa número 15 do clube, que pertencia a Barisone.

Na 13º posição, o Lanús volta a campo pra jogar o Campeonato Nacional no sábado (15), quando recebe em seu estádio o Estudiantes de La Plata. A partida é válida pela 20º rodada. No mesmo dia, o Nueva Chicago, último colocado entre as 30 instituições que disputam o torneio, recebe o Huracán em Mataderos.

Com uma postura ofensiva desde os momentos iniciais, os mandantes obrigaram o arqueiro adversário, Alejandro Sánchez, a se tornar a principal figura da partida. Aos 4 minutos, porém, o goleiro nada pôde fazer. Após cruzamento da direita, o paraguaio Gómez, com liberdade plena e quase na linha do gol, apenas escorou de cabeça para o fundo das redes para inaugurar o marcador. Aos 22, Caballero desperdiçou uma evidente chance de igualar o placar. Depois de receber cruzamento da esquerda, o defensor não aproveitou o escorregão de Ibáñez, caído no chão e cabeceou pra fora a oportunidade de empate.

Aos 36, a vantagem Granata foi ampliada, mais uma vez com Gómez. Após cobrança de escanteio, Fritzler ajeitou da entrada da área e chutou de perna esquerda. Sánchez fez defesa parcial, deixando a bola nos pés do zagueiro, que deu um carrinho pra jogar a bola para o gol. No fim da etapa inicial, o Nueva Chicago voltou a criar chance de marcar com Maurício Carrasco, que, de fora da área, acertou a rede superior da meta.

Já no segundo tempo, depois de dois escanteios que não deram em nada, o terceiro resultou no gol que selou a vitória da equipe do sul de Buenos Aires. Da marca do pênalti, González acertou lindo chute de primeira, sem chance para o goleiro rival. Pouco depois, Aguirre arriscou de perna esquerda da intermediária, exigindo boa participação de Sánchez. O time de Mataderos voltou a aparecer no ataque aos 40 minutos, em chute fraco da entrada da área, sem sustos para Ibáñez.

VAVEL Logo