Buffon diminui jogo com os pés de Neuer: "Eu já fazia isso há duas décadas"

Nesta quinta-feira (31), se tornou pública a entrevista do experiente Gianluigi Buffon à revista francesa So Foot. Em meio às respostas, o goleiro da Juventus - que bateu o recorde de minutos sem levar gol na Serie A recentemente - deixou claro que, na sua opinião, o alemão Manuel Neuer, do Bayern de Munique, não possui originalidade alguma em suas intervenções com os pés.

Segundo 'Gigi', ele mesmo já fazia isso na década de 1990, quando iniciou a carreira profissional, no Parma.

"O que [Manuel] Neuer faz [utilizar bem os pés], eu já estava fazendo no Parma, sob o comando de [Alberto] Malesani, quando vencemos a Copa da Uefa, a Copa Itália e a Supecopa Italiana", falou Gianluigi na entrevista. As três conquistas aconteceram entre os anos de 1998 e 1999, em um período glorioso da história do Parma, que acabou por decretar falência na temporada 2014/15. "Eu sempre tive a predisposição para jogar com os meus pés", seguiu dizendo Buffon.

"A coisa realmente nova foi introduzida pelo Barcelona, há uma década, integrando o goleiro na construção do jogo", afirmou. "Se a escola de goleiros está perdida na Itália? Se tivermos 100 defesas e um erro, no restante da semana vão falar apenas sobre o erro, fazendo você ficar louco", avaliou a lenda juventina. "Mas no exterior você pode cometer um erro e evoluir com calma. Aqui, se você comete um erro, está em uma situação péssima".

"Aqueles de nós que conseguem permanecer no topo são, além de tudo, muito fortes psicologicamente", finalizou.

VAVEL Logo