Sevilla bate Bilbao nos pênaltis e segue em busca do tricampeonato da Europa League

Nesta quinta-feira (14), Sevilla Athletic Bilbao fizeram mais um duelo espetacular pelas quartas de finais da Uefa Europa League 2015/16. No tempo normal, 2 a 1 para os visitantes. Gameiro fez para os donos da casa, enquanto Aduriz Raúl Garcia marcaram para a equipe basca. Mas nas penalidades, 5 a 4 para os atuais bicampeões, que avançaram para mais uma semifinal de Europa League. Adversário será conhecido em sorteio nesta sexta-feira (15).

As duas equipes retornam aos gramados no próximo domingo (17) pelo Campeonato Espanhol. O Sevilla recebe o Deportivo La Coruña às 11h. Bem mais cedo, às 7h, o Athletic vai até a Andaluzia encarar o Málaga.

Athletic é levemente melhor, mas não marca

Assim como no jogo de ida, o início de partida foi bastante movimentado e intenso como de esperar neste duelo entre duas equipes espanholas. Precisando do resultado, o Athletic foi o primeiro a assustar, quando Aduriz, sempre ele, recebeu nas costas da defesa, saiu na cara de David Soria, driblou o goleiro e finalizou sem ângulo, mas Kolodziejczak, de carrinho, afastou o perigo e evitou o que poderia ser o primeiro gol do confronto.

Só que os donos da casa, que são extremamente competentes e regulares nos seus domínios, não se acuaram e forem em busca de criar chances de gol. Minutos depois da grande chance de Aduriz, quase o zagueiro Rami abriu o placar, quando Mariano cruzou da direita e o francês se antecipou à marcação, mas mandou de primeira por cima da meta de Herrerín.

Após um começo bem intenso, a partida perdeu energia, principalmente por conta do jogo proposto pelos donos da casa, que marcavam bem e cadenciavam a bola, tendo em vista a vantagem que tinham. O Bilbao até conseguia rondar a área do Sevilla, mas a falta de objetividade e mira eram prejudiciais para a equipe basca, que abusava das jogadas aéreas.

No final do primeiro tempo, quase que os visitantes abriram o placar, quando Kolodziejczak recebeu na defesa, tentou driblar, mas acabou perdendo a bola para Raúl García, que avançou com espaço, tinha a opção de passar para Susaeta, mas preferiu arriscar, só que David Soria estava atento e fez a defesa que deu números finais ao primeiro tempo sem gols.

Athletic iguala eliminatória e decisão fica para a prorrogação

Mesmo com a vantagem e podendo até tomar um gol nos últimos 45 minutos, o Sevilla foi o primeiro a atacar na segunda etapa. Logo aos 3', após boa trama armada por Gameiro, Iborra ficou com a sobra da dividida e finalizou tirando de Herrerín, mas o arqueiro da equipe basca fez grande defesa, salvando e deixando o Athletic vivo.

Mas diferente dos donos da casa, o Athletic foi eficiente na primeira chance que teve na segunda etapa. Aos 12', em contra-ataque, Aduriz recebeu com espaço na esquerda, puxou para o meio, chutou rasteiro e contou com uma falha de David Soria, que foi com a mão "fraca" na bola e a redonda morreu no fundo do gol: 1 a 0 Athletic.

Só que a comemoração dos visitantes durou muito pouco. Dois minutos depois do gol que abriu o placar, Iborra puxou contra-ataque para o Sevilla, abriu com Krychowiak, que recebeu dentro da área e cruzou rasteiro para a pequena área, onde estava Gameiro, que mandou para o gol e deixou tudo igual no Sanchez Pizjuan: 1 a 1.

Após o gol, o Sevilla voltou a tomar conta das ações, pressionando em busca de matar a eliminatória. Só que os donos da casa perderam chances em sequência e foi "penalizado" por isso aos 35', quando Beñat recebeu passe no meio, cruzou, Raúl García cabeceou e a bola encobriu David Soria: 2 a 1 Athletic. Nada mais aconteceu e a decisão ficou para a prorrogação.

Visitantes são melhores, mas ninguém marca

O primeiro tempo da prorrogação foi muito bom e aberto em Sevilha, com as duas equipes chegando. A melhor chance foi dos donos da casa, quando Konoplyanka cobrou falta, Iturraspe desviou contra o próprio patrimônio e a bola foi na trave. Na sequência do lance, Coke, que tinha acabado de entrar, tentou de bicicleta e Mikel San José salvou em cima da linha.

O segundo tempo foi totalmente dominado pelos visitantes, que pressionaram muito em busca de matar a eliminatória, aproveitando o cansaço dos donos da casa. Mas a falta de pontaria e "sorte", além da boa atuação de David Soria nos minutos finais, fizeram com que a vaga fosse decidida nos pênaltis.

Sevilla é eficiente e confirma classificação

Foi tudo perfeito para o Sevilla nos pênaltis. Os três primeiros do Sevilla, Coke, Krychowiak Konoplyanka, e do Athletic, Raúl GarciaViguera San José marcaram. O quarto a bater do Bilbao foi Beñat, que cobrou muito mal, no meio do gol, e David Soria defendeu. Depois, N'Zonzi Gameiro marcaram e o Sevilla garantiu vaga nas semifinais da Europa League.

VAVEL Logo