Em jogo emocionante, Lyon bate Besiktas nos pênaltis e avança na Europa League
Foto Divulgação/Besiktas

Nesta quinta feira (19), Besiktas e Lyon se enfrentaram pelo segundo jogo das quartas de final Uefa Europa League, em Istambul. E se o jogo de ida foi marcado pelos incidentes entre os torcedores, desta vez o que se viu foi uma grande partida dentro de campo. Com o 2 a 1 para o time turco no tempo regulamentar (mesmo placar que os franceses venceram no primeiro jogo), a partida foi para a prorrogação e a classificação só foi decidida nos pênaltis, com vitória do Lyon por 7 a 6.

Agora, os lyonnais esperam o sorteio desta sexta feria (20) para definir quem será seu adversário nas semi finais da competição. Manchester United, Ajax ou Celta de Vigo podem ser um dos rivais na busca pela final.

Lyon começa controlando a partida, mas quem abre o placar é o Besiktas

Apesar de começar o jogo com a vantagem adquirida na partida de ida, foi o Lyon quem começou atacando. Logo aos 13 minutos, Lacazette deu belo passe para Tolisso se infiltrar na área, tocar na saída do goleiro e mandar muito perto da trave. Aos 19 minutos, em escanteio cobrado por Valbuena, mais uma vez o Lyon teve oportunidade de abrir o placar após bate e rebate na defesa turca, mas Fabri ficou com a bola que ia lentamente se encaminhando para o canto do gol.

Mas quem abriu mesmo o placar foi quem mais precisava: No minuto 26, Talisca recebeu passe quase na marca do pênalti e tocou no canto de Anthony Lopes, para a alegria da fanática torcida do Besiktas. Contudo, o Lyon não desistiu e foi em busca do empate oito minutos mais tarde quando, depois de tabelar com Gonalons, Lacazette recebeu com liberdade na área e com muita categoria tocou por cobertura do goleiro Fabri.

Ainda no primeiro tempo, o artilheiro Lacazette ainda tentou a virada, mas parou na trave após boa jogada individual pelo meio. Talisca, que era quem mais criava chances para o Besiktas, aos 42 minutos arriscou chute com muito efeito de fora da área e a bola passou muito perto do gol defendido por Lopes.

Foto Divulgação / Lyon
Foto Divulgação / Lyon

Besiktas toma a iniciativa na segunda etapa, mas o Lyon não deixa de ser perigoso

Com o placar que dava a eliminação, o Besiktas começou o segundo tempo buscando o gol. Talisca teve duas chances nos primeiros sete minutos: primeiro, após saída errada de Lopes, o brasileiro mandou de cabeça pro gol, mas Jallet salvou os franceses. Depois, no rebote da cobrança de falta de Quaresma, Talisca disparou chute forte e a bola passou muito perto do gol defendido pelo Lyon. Aos dez minutos, Gonul fez grande jogada pela direita e cruzou pra área, onde Tosun cabeceou e obrigou Anthony a se esticar todo para fazer bela defesa. Um minuto mais tarde, o Lyon não resistiu e Talisca completou de cabeça cruzamento de Adriano, dando a vantagem no placar aos donos da casa.

Com o resultado que estava levando à prorrogação, as duas equipes tentavam marcar o gol que poderia ser decisivo para a classificação. Pelo lado do Besiktas, as chances aconteciam em chutes perigosos, principalmente com Talisca, e Diakhaby completando cruzamentos de cabeça mantinham o Lyon vivo no jogo. Mas as grandes chances ficaram para o fim do tempo regulamentar.

Há seis minutos do fim, Quaresma tentou cruzamento pra área, mas a bola foi caprichosamente ao encontro da trave. No rebote, Babel dominou a bola, tentou ajeitar, mas não conseguiu achar espaço e conseguiu somente um chute que acertou o próprio companheiro. O Lyon respondeu com uma ótima chance em cabeçada de Diakhaby, que Fabri precisou realizar três defesas para salvar o Besiktas. Aos 45 minutos da etapa final, Lacazette recebeu em velocidade, ganhou do marcador na corrida e chutou com precisão, mas a bola explodiu no travessão.

Prorrogação com times cansados, mas criando boas oportunidades

Na prorrogação, o time visitante era quem mais ficava com a bola, enquanto o time turco apostava na velocidade e habilidade de Talisca e Quaresma. Justamente num contra ataque, o Besiktas perdeu grande chance: Aos 11 minutos do primeiro tempo da prorrogação, Quaresma lutou pela bola na linha de fundo, cruzou rasteiro para a área e o brasileiro, de frente para o gol, mandou a bola para fora. Quatro minutos mais tarde, Diakhaby, sempre ele, se antecipou à defesa do Besikitas e cabeceou com muito perigo, mas a bola passou por cima do gol.

Na segunda metade da prorrogação, os turcos começaram tomando mais atitude e ficando mais com bola, porém, foi o Lyon quem teve a principal chance de gol: aos sete minutos, Morel foi lançado à linha de fundo por Valbuena e cruzou baixo para a área, onde Tolisso, mesmo passando da linha da bola, conseguiu tocar para o gol e Fabri fez defesa espetacular para manter seu time vivo na eliminatória. Depois disso, os times não conseguiram mais chegar ao gol e decisão da vaga foi para os pênaltis.

Nas penalidades máximas, as duas equipes mantiveram o nível do jogo e as primeiras 12 cobranças beiraram a perfeição e tiveram as redes como endereço. Babel, Touson, Hutchinson, Tolgay, Talisca e Uysal pelo Besiktas e Fekir, Tolisso, Ghezzal, Rybus, Valbuena e Diakhaby pelo Lyon, acertaram suas cobranças. Tosic, do time da casa perdeu sua cobrança, mas Jallet perdeu também e manteve a disputa em aberta. Contudo, Mitrovic perdeu nova cobrança para os turcos e Gonalons não perdeu a chance de dar a classificação e marcou o gol que deu a vaga à semi final.

VAVEL Logo