Tenerife vence Getafe em casa e garante vantagem nos playoffs da La Liga

Tenerife recebeu nesta quarta-feira (21) o Getafe, em Tenerife, pelo jogo de ida da etapa final das playoffs de acesso à La Liga, e venceu por 1 a 0. O gol foi marcado pelo zagueiro Jorge Sáenz. Com a vitória, o time das Ilhas Canárias tem vantagem na partida de volta. O jogo será no Coliseum Alfonso Pérez, em Getafe, no sábado (24), e por causa do gol qualificado, o Tenerife joga pelo empate.

O primeiro tempo foi controlado pelo Tenerife, que saiu para o ataque e conseguiu o único gol da partida. Já na segunda etapa, o Getafe cresceu mais no jogo mas abriu espaços para o contra ataque do time da casa e não conseguiu marcar.

Domínio do time da casa

Logo no primeiro minuto houve um lance polêmico no jogo: o Amath caiu na pequena área e os jogadores pediram pênalti mas o árbitro não marcou. A partida se tornou equilibrada entre as duas equipes e a primeira boa chance foi do Getafe, que nasceu em uma roubada de bola de Fuster, que cruzou para Molina mas o espanhol não conseguiu acertar na cabeçada.

Em resposta, o time da casa cresceu no jogo, apresentando perigo e, aos 21’, o japonês Gaku Shibasaki cobrou um belo escanteio e Jorge Sáenz mandou direto para as redes, de cabeça. Após o gol, o Tenerife não parou de buscar o ataque, sem se acomodar com o placar, já que a partida foi de extrema importância.

O azulão tentou criar jogadas no ataque mas a zaga do Tenerife foi precisa em tirar a bola antes de chegar até mesmo no goleiro. Aos 41’, a equipe das Ilhas Canárias teve uma grande chance de ampliar: Amath saiu no contra ataque com velocidade e deu uma bela assistência para Lozano, que desperdiçou o chute.

Getafe tenta, mas não consegue marcar

No segundo tempo os azulões se mostraram mais agressivo. Os lances, no entanto, não foram tão precisos e a defesa do Tenerife conseguiu ser efetiva. Ao abrir mais o jogo, o Getafe deixou muitos espaços e a equipe da casa soube aproveitar esses momentos para iniciar contra ataques. Aos 51’, Suso saiu na velocidade mas, de cara com o goleiro, não chutou bem e deu a bola de presente para o goleiro.

O destaque no ataque do Getafe foi Molina, que recebeu um bola perigosa aos 65’ porém o espanhol mandou a bola por fora da rede. A melhor jogada do Tenerife foi com Lozano que correu no contra ataque, resolveu bater sozinho e Guaita defendeu.

O final do jogo foi marcado por lances de muita falta e lesões para o time visitante: foram 4 cartões amarelos e 2 atletas que saíram de campo, inclusive deixando o time com apenas 10 jogadores nos acréscimos.

VAVEL Logo