Em jogo eletrizante, Alemanha bate Inglaterra nos pênaltis e avança à final do Europeu Sub-21

Em uma das semifinais do Campeonato Europeu sub-21 nesta terça-feira (27), Inglaterra e Alemanha se enfrentaram em Tychy, Polônia e não conseguiram ter suas diferenças tiradas nos 90 minutos, precisando ir à prorrogação. No tempo normal, 2 a 2, com gols de Gray e Abraham para os ingleses e Selke e Platte para os alemães. Permanecendo o empate no tempo extra, a Mannschaft acabou levando a melhor sobre o English Team por 4 a 3, visto que Redmond e Abraham perderam seus pênaltis. Gerhardt perdeu para o lado vitorioso.

Agora a equipe inglesa volta pra casa depois de grande torneio para descansar seus jogadores, que retornam aos clubes. Já os alemães, continuam e disputam a final na próxima sexta-feira (30) contra o vencedor de Itália ou Espanha. 

Divisão de controle do jogo e empate com gols: este foi a primeira etapa de Inglaterra e Alemanha

Nos primeiros sete minutos, a Inglaterra começou mais em cima da Alemanha, conseguindo criar três chances que poderiam se transformar em gols. A primeira aconteceu aos quatro minutos com Chalobah, que cabeceou o cruzamento vindo do escanteio bem cobrado por James Ward-Prowse e a bola saiu em linha de fundo pela esquerda. Dois minutos depois, quase um replay da jogada fez com que o camisa 4 mandasse novamente de cabeça para o gol, mas acabou saindo muito por cima. E, um minuto mais tarde, Hughes achou Gray que tentou o chute, bloqueado. Na segunda tentativa, o goleiro fez a defesa. 

Aos 17 minutos, novamente Ward-Prowse conseguiu cruzamento em cobrança de falta pela direita e Abraham cabeceou, porém o jogador não conseguiu capitalizar a chance, vendo o goleiro defendendo. A sequência liderou a um chute para fora. A primeira defesa de Pickford no jogo aconteceu quando Selke aproveitou bola tocada e arrematou de primeira, obrigando o goleiro inglês a defender a bola. 

Depois desse momento, a Mannschaft passou a tomar conta da bola por mais tempo que os adversários, conseguindo anular a Inglaterra quando tinham a bola e quando não tinham, contudo também não conseguiram ser efetivos quando necessário. Quando o relógio marcava 34 minutos, finalmente os alemães capitalizaram seu bom momento. Selke cabeceou sozinho na área, com força, e venceu Pickford para abrir o placar. Seis minutos depois, Ward-Prowse cruzou novamente para a área em escanteio e, depois de um bate-rebate, Gray apareceu livre para empatar o jogo com um chute forte. 

Selke abriu o placar ainda no primeiro tempo com gol de cabeça (Foto: Piotr Nowak / Getty Images
Selke abriu o placar ainda no primeiro tempo com gol de cabeça (Foto: Piotr Nowak / Getty Images

Inglaterra vira, mas Alemanha conquista novo empate para ir à prorrogação

A parte final do confronto iniciou com os alemães tendo mais a bola nos primeiros minutos, mas foi a Inglaterra que apareceu com perigo primeiro. Aos cinco minutos, Hughes fez bela jogada pela direita até que os ingleses perderam a posse. O camisa 19, porém, não desistiu, roubou a bola e avançou com perigo pela lateral até tocar para Abraham empurrar pro gol, virando a partida. 

Depois do gol da virada, os meninos alemães conseguiram uma jogada em cruzamento para a segunda trave que acabou não sendo aproveitado, visto que o chute acabou saindo mascado. O empate, porém, aconteceu quando o relógio maraca próximo dos 25 minutos em jogada de escanteio, com Platte aproveitando bola na primeira trave para mandar de cabeça para o gol e igualar o jogo novamente. Arnold teve uma chance minuto depois, mas o chute cruzado saiu em linha de fundo.

Um cruzamento da Mannschaft para o outro lado da área, ondetinha Gnabry livre, não foi aproveitado, visto a demora do mesmo para finalizar. Mas, também um minuto seguinte, Arnold chutou com força de fora e Pickford conseguiu fazer a defesa para escanteio. Depois da igualdade, Alemanha vem com tudo para cima dos adversários. Aos 40 minutos, contudo, Redmond quase conseguiu marcar o gol que poderia ser o da vitória da Inglaterra, mas a redonda saiu tirando tinta da trave. 

Abraham conseguiu a virada para os ingleses na etapa final (Foto: Nils Petter Nilsson / The FA via Getty Images)
Abraham conseguiu a virada para os ingleses na etapa final (Foto: Nils Petter Nilsson / The FA via Getty Images)

Empate persiste, mas Alemanha leva nos pênaltis

A prorrogação começou do mesmo jeito que terminou o tempo regulamentar, com os alemães em cima. Durante todo o primeiro tempo do tempo extra, a Adler permaneceu em cima, pressionando, sem dar chance alguma aos ingleses, até o fim da primeira etapa com Baker, mas nada feito. Neste momento, a parte física dos atletas começa a contar mais do que nunca. 

Pollersbeck pega o pênalti de Redmond pra levar a Alemanha à final (Foto: Piotr Nowak / Getty Images)
Pollersbeck pega o pênalti de Redmond pra levar a Alemanha à final (Foto: Piotr Nowak / Getty Images)

Já a etapa final da prorrogação foi um pouco dividida. Na primeira parte dela, o English Team conseguiu ter o controle, tendo mais chances, mas na parte final foram a Alemanha que conseguiram manter a posse da bola e buscar oportunidades de gol. Apesar desse equilíbrio no segundo, nenhuma das equipes conseguiram criar alguma chance de gol, levando o jogo para os pênaltis, que viu os alemães se classificarem ao vencer por 4 a 3.

Alemanha: Arnold fez, Gerhardt perdeu (Pickford defendeu), Philipp fez, Meyer fez, Amiri fez. 

Inglaterra: Baker fez, Abraham perdeu (Pollersbeck defendeu), Chilwell fez, Ward-Prowse fez, Redmond perdeu (Pollersbeck defendeu). 

VAVEL Logo