Com show de Saúl, Espanha vence Itália e vai atrás da quinta conquista do Europeu Sub-21

Com um verdadeiro show de Saúl Niguez, a Espanha está na decisão do Europeu Sub-21. Nesta terça-feira (27), a Fúria não deu chances e venceu a Itália por 3 a 1, com três do meia do Atlético de Madrid. Federico Bernardeschi marcou o único gol da azzurra na partida.

Na próxima sexta-feira (30), a Espanha vai em busca do pentacampeonato da competição, quando encara a Alemanha, que derrotou a Inglaterra mais cedo. A partida terá seu início às 16h (horário de Brasília).

Primeiro tempo morno e com poucas chances

O jogo, como de costume na competição, começou bem intenso, principalmente do lado italiano, que chegava melhor nos primeiros minutos. Com menos de três minutos, Chiesa recebeu na esquerda, no mano a mano com Bellerín, cortou para dentro, invadiu a área e arriscou, mas Kepa fez boa defesa, segura.

Primeiro tempo bem pegado | Foto: Adam Nurkiewicz/Getty Images
Primeiro tempo bem pegado | Foto: Adam Nurkiewicz/Getty Images

A primeira chegada de perigo da equipe espanhola veio em jogada individual também, quando Deulofeu recebeu na esquerda, foi para cima de Calabria, cortou para o meio e arriscou, mas Donnarumma defendeu. Poucos minutos depois, a melhor chance do primeiro tempo, quando Petagna foi lançado, ajeitou para Benassi, que passou no meio para Pellegrini, o meia recebeu na área e finalizou cruzado, mas Kepa fez ótima intervenção com o joelho esquerdo.

Depois desse início interessante, a partida perdeu força em Cracóvia, com nenhuma das duas equipes conseguindo penetrar na defesa adversária, seja em jogadas individuais, ou por troca de passes. Com isso, nada mais aconteceu na primeira etapa.

Show de Saúl garante Espanha na decisão

Se o primeiro tempo não foi tão animado, o segundo já iniciou com gol. Com oito minutos jogados, Dani Ceballos recebeu na esquerda, fez boa jogada individual e passou no meio para Saúl, que recebeu dentro da área e finalizou no cantinho de Donnarumma, que se esticou todo, mas não alcançou: 1 a 0 Espanha. E o que era difícil, complicou ainda mais poucos minutos depois, quando Gagliardini fez falta dura em Ceballos no meio do campo, tomou o segundo amarelo e foi expulso, deixando a Itália com um a menos.

Mesmo assim, os italianos, que são conhecidos por não desistirem nunca, conseguiram empatar o jogo na habilidade do seu melhor jogador: Federico Bernardeschi. Aos 17', o camisa 10 italiano recebeu intermediária, avançou pelo meio com muito espaço, chegou na entrada da área e arriscou. A bola desviou na defesa e matou Kepa: 1 a 1.

Só que esse gol foi apenas um "alento" para a Itália, pois a Espanha, com muito espaço, conseguiu passar à frente no marcador mais uma vez, e pelos pés do cara da partida: Saúl Niguez. Aos 20', após troca de passes na intermediária, Deulofeu passou para o camisa 8, que arriscou um chutaço de longe, sem chance alguma para Donnarumma: 2 a 1 Espanha.

Mas o show do meia do Atlético de Madrid não parou por aí em Cracóvia. Pouco tempo depois, Asensio desceu muito bem pela esquerda, avançou, invadiu a área e cruzou rasteiro para Saúl, que emendou de primeira, fechou a conta e garantiu a Espanha na decisão da Euro Sub-21: 3 a 1 Espanha.

Saúl levou, merecidamente, a bola do jogo para casa | Foto: Adam Nurkiewicz/Getty Images
Saúl levou, merecidamente, a bola do jogo para casa | Foto: Adam Nurkiewicz/Getty Images
VAVEL Logo