Mané decide e Liverpool volta a vencer Palace em casa após quase quatro anos

Retornando ao Anfield Road, o Liverpool teve muita dificuldade para furar a defesa do Crystal Palace, mas venceu, por 1 a 0, neste sábado (19), em jogo válido pela segunda rodada da Premier League. Essa foi a primeira vitória dos Reds frente aos Eagles jogando no Anfield Road desde outubro de 2013, quando superou os rivais por 3 a 1 na época. 

O primeiro tempo foi pouco produtivo por parte das duas equipes, com poucas oportunidades claras de lado a lado. A segunda etapa iniciou no mesmo ritmo morno dos primeiros 45 minutos, mas os Reds pressionaram o Palace até conseguir a vantagem no placar, com gol de Sadio Mané.

O resultado é bom para as pretensões do Liverpool na Premier League, que soma quatro pontos em seis disputados. Já o Crystal Palace amarga sua segunda derrota em dois jogos - um começo que preocupa o time londrino. 

As duas equipes retornam a campo no próximo fim de semana. O Liverpool receberá o Arsenal, no próximo domingo (27), enquanto que o Crystal Palace receberá o Swansea City, um dia antes. 

Primeiro tempo é sem inspiração com poucas chances criadas

A primeira etapa teve pouca ação efetiva de Liverpool e Crystal Palace. Os Reds tiveram as melhores oportunidades ao longo da etapa inicial. Primeiramente com Joël Matip, que perdeu, aos 14 minutos, uma chance de cabeça na pequena área, surgida após falha da defesa do Palace. A outra oportunidade perdida pelo Liverpool foi aos 34 minutos, com Mané, que finalizou mal após cruzamento de Andy Robertson para o meio da área. O Crystal Palace tentou com o capitão James Puncheon, que finalizou na entrada da área em cima de Simon Mignolet.

Resumidamente, o primeiro tempo do embate contou com alguns erros de postura tática de ambas as equipes, além de claro, ressaltar que os donos da casa estavam jogando com um time mais alternativo, dado o foco na Champions League, onde jogará contra o estreante Hoffenheim no meio de semana para definir uma das vagas na fase de grupos do certame. Alguns jogadores como Robertson tiveram uma chance de mostrar ao treinador o que valem para a equipe.

Os Eagles também demonstraram alguma confiança quando chegaram no ataque, se aproveitando de contragolpes, principalmente. O time de De Boer parece ainda procurar uma identidade tática para o restante da temporada depois de perder no primeiro embate oficial do ano.

Etapa final tem Liverpool mais ofensivo e vitória com gol de Mané

O segundo tempo manteve o ritmo morno ditado nos primeiros 45 minutos de jogo. O Liverpool continuou insistindo no ataque, com finalizações de Wijnaldum e Henderson defendidas pelo goleiro Wayne  Hennessey, aos oito e 13 minutos da etapa final. O Crystal Palace assustou em contra-ataque puxado por Loftus-Cheek, que superou a marcação de Klavan, cruzou para o meio da área e Benteke isolou a bola após escorar na pequena área.

Após Jürgen Klopp promover as entradas de Mohamed Salah e Dominic Solanke, o Liverpool enfim chegou ao gol. Após confusão na grande área, Solanke roubou a bola e deixou para Mané chutar para o fundo do gol. Os Reds continuaram a pressão para aumentar a conta, mas parou em todas as vezes no goleiro Hennessey.

Com o resultado positivo, a equipe de Merseyside pode focar mais relaxada para o confronto frente aos alemães no meio de semana. Garantir futebol internacional de alto nível é extremamente importante para que a temporada dos Reds seja determinante para um futuro de retorno às glórias. 

VAVEL Logo